WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nova mrv

PMVC

Embasa

FTC



safernet br
diamantina

fainor

novo horizonte

aky veiculos

natanael tocoto

David Goldman diz que tentará reaver com família materna de Sean os US$ 500 mil gastos em batalha judicial

do G1

Advogado da família brasileira diz que anúncio ‘revela o caráter’ de David. Sean e o pai passaram primeiro dia na casa em que viverão nos EUA.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (29) nos EUA, David Goldman, pai do menino Sean Goldman, disse que já gastou cerca de US$ 500 mil na batalha judicial que travou com a família da mãe do garoto. Segundo sua advogada, David irá pedir à família brasileira o ressarcimento desse valor.

Sérgio Tostes, advogado de Silvana Bianchi, avó do menino, disse ao G1 que o anúncio “revela o caráter” de David Goldman.

David Goldman também contou que Sean já ligou duas vezes para o Brasil, uma delas no natal. Na entrevista, o pai não deu respostas diretas sobre possíveis visitas do menino ao Rio de Janeiro. Segundo a advogada de David, até agora a família brasileira não apresentou à justiça norte-americana um pedido formal de visitas ao menino em Nova Jersey, onde viverá.

Volta para casa

Depois de sair do Brasil e passar quatro dias na Flórida, David e seu filho Sean Goldman viveram seu primeiro dia na casa dos EUA, de onde o menino havia saído havia cinco anos.
Sean, que tem nove anos, foi entregue ao pai no consulado americano no Rio de Janeiro em 24 de dezembro, depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Do Brasil, os dois embarcaram em um jatinho fretado pela rede de TV norte-americana NBC em direção à Disney.

Recomeço

No primeiro dia juntos em casa, David preparou o café da manhã para o filho. Em uma tarde fria em Nova Jersey, com a temperatura em seis graus negativos, os dois passaram o tempo jogando vídeo game. A adaptação do menino com as novidades, como o clima e a alimentação, preocupam David.

Imagens da rede NBC mostram Sean brincando com o gato, que já era da casa, quando o menino foi levado há cinco anos pela mãe para o Brasil. Segundo David, o filho, no caminho de volta, perguntava: “Quando vamos chegar à nossa casa, onde está a nossa casa?”

As fotos de Sean ainda muito pequeno estão no mesmo lugar. David reapresentou para Sean o quarto do menino, que foi mantido intacto. “Eu evitei entrar nesse quarto durante esse tempo”, contou o pai. “Agora é diferente. Ele está em casa. Nós conseguimos “, disse, emocionado. “É real, e Sean está ok. Ele realmente está ok.”, completou o pai.

Custas judiciais

O advogado da família brasileira de Sean Goldman, Sérgio Tostes, reagiu às declarações do pai biológico do menino sobre as custas judiciais. Segundo ele, “esta declaração não surpreende, e apenas demonstra o interesse pecuniário do Sr. David Goldman. Tudo que ele fez não foi pelo interesse do filho, foi interesse pecuniário.”

O advogado disse ainda que acha estranho David cobrar pelas custas, já que a ação judicial teria sido promovida pela União Federal. “A União Federal gastou o dinheiro do contribuinte e ele está cobrando o da advogada”.

Para Tostes, a declaração “revela o caráter de David”. O advogado explicou que, caso o pai entre com esse pedido de ressarcimento, a ação teria que ser promovida no Brasil, onde foi feito todo o processo de Sean.

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.