WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nova mrv

PMVC

Embasa

FTC



safernet br
diamantina

fainor

novo horizonte

aky veiculos

natanael falar e arte

Especialistas e ex-jogadores dizem que Ronaldinho merece voltar à seleção

do Globoesporte

Boa fase do craque encanta até Maradona. Números do camisa 80 do Milan na temporada são melhores do que os dos seus ‘concorrentes’

Ronaldinho comemora um dos três gols marcados por ele na vitória sobre o Siena

As ótimas atuações com a camisa do Milan deixaram Ronaldinho Gaúcho novamente em evidência. Além de encantar a imprensa italiana e companheiros de equipe, o pentacampeão também é visto por comentaristas e ex-jogadores como um nome que precisa ser novamente lembrado por Dunga na seleção brasileira. Até mesmo Maradona, técnico da Argentina, faz “lobby” pelo ex-gremista.

– Eu assisto aos jogos do Milan e só vejo Ronaldinho. É um dos maiores que já vi jogar e espero poder vê-lo aqui na África do Sul no Mundial – ressaltou Maradona durante visita ao país-sede do próximo Mundial.

Para Junior, ex-lateral-esquerdo da seleção e comentarista da TV Globo, Ronaldinho está no caminho certo, relembrando a fase dourada do Barcelona, entre 2004 e 2006, quando conquistou uma Liga dos Campeões e foi eleito o melhor do mundo por duas vezes.

– Para voltar à seleção, acho que ele vai ter que manter esse nível. Nem tanto pelos gols, mas mesmo pela movimentação e participação na partida. Nos acostumamos ao Ronaldinho do Barcelona. Por isso sempre esperamos o máximo dele, que vem, aos poucos, lembrando esses tempos. Se continuar com essas atuações, as chances vão aumentar de ser lembrado por Dunga – observou.

Opinião semelhante tem Mauro Carturam, um dos organizadores do prêmio “Golden Foot”. A honraria, conquistada em 2009 pelo próprio Ronaldinho, é dada aos jogadores com mais de 28 anos que se destacaram no futebol mundial ao longo da carreira.

– Acho que “Dinho” achou seu espaço na equipe do Milan e seu renascimento para o futebol começou depois que ele ganhou o prêmio Golden Foot, em outubro. Já na seleção, Dunga parece ter encontrado sua melhor formação (com Luis Fabiano, Kaká e Robinho), mas, com o Ronaldinho continuando a jogar assim, ele estará pronto para vestir a camisa da seleção com certeza – salientou Carturam.

Embora concorde que Ronaldinho está comendo a bola no Milan – um exemplo disso foi a soberba atuação na goleada de 4 a 0 sobre o Siena no último fim de semana -, Lédio Carmona, colunista do GLOBOESPORTE.COM e comentarista do SporTV, faz algumas ressalvas.

– Ele merece uma vaga se está disposto a voltar a jogar futebol à vera. Há quatro anos ele olhava para a bola com ar de enfado. Simplesmente, parecia ter enjoado da profissão. Agora, dá sinais de ter despertado. Eu o levaria para a Copa, mas precisa mostrar que está de volta. Mas para isso não basta um domingo, um grande jogo, um show solo. Precisa de uma sequência até maio. Não precisa fazer chover até lá em todos os jogos, mas tem que confirmar que de novo está focado na profissão – afirmou Lédio.

Ronaldinho no ataque ou no meio de campo?

Apesar de concordarem que Ronaldinho pode voltar à seleção, os especialistas divergem na hora de falar em qual posição ele deva entrar: se no ataque ou no meio de campo. – No momento, quem é o brasileiro que está tendo melhor desempenho do que ele? O Kaká está em um processo de adaptação no Real. O Robinho, muito mal no City. O Elano anda escondido na Turquia, e até o Nilmar sofre com o mau momento do Villarreal. Acho que, apesar de versátil e poder jogar no ataque, Ronaldinho briga por uma vaga no meio de campo. Se vai ser titular ou não, aí é outra história – ressaltou Alex Escobar, apresentador do programa “Globo Esporte”.

– Acho que ele só não briga por espaço na seleção com o Luis Fabiano, que é incontestável. O resto do pessoal de frente, Robinho, Nilmar, tem que ficar de olho. Não creio que ele seja chamado para o meio de campo com o Dunga – opinou Junior.

Lédio Carmona não só escolhe o setor como, também, quem deve deixar o grupo dos convocados usuais de Dunga.

– Se ele conseguir até o momento da convocação manter essas atuações, entra na vaga de Julio Baptista.

Números jogam a favor de Ronaldinho. E contra Robinho

E, no que depender dos números da temporada 2009/2010, Ronaldinho está bem na corrida por uma vaga na Copa do Mundo. O camisa 80 do Milan, que jogou pela última vez na seleção em abril de 2009 (vitória de 3 a 1 sobre o Peru, em Porto Alegre, pelas eliminatórias), tem um desempenho melhor do que os concorrentes citados pelos comentaristas e especialistas consultados pelo GLOBOESPORTE.COM.

Nem mesmo Kaká, altamente badalado no Real Madrid e titular absoluto de Dunga na seleção, tem uma performance melhor que a do ex-gremista. Enquanto o ex-rossonero participou de 76,9% dos jogos do clube espanhol na temporada, Ronaldinho entrou em campo em 88,5% dos compromissos do Milan.

No quesito bola na rede, a média de Ronaldinho é superior à de Nilmar: 0,48 gol por jogo contra 0,25 do ex-colorado. Em relação a Robinho, Gaúcho vence por goleada. O Rei das Pedaladas, que ficou mais de dois meses se recuperando de uma lesão no tornozelo, não conseguiu balançar as redes ainda na temporada.

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.