WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nova mrv

PMVC

FTC



safernet br
novo horizonte

aky veiculos

natanael tocoto

Onda de calor durante Carnaval reforça necessidade de proteção UV

do A Tarde
Vendedor ambulante comercializa chapéu-sombreiro para a folia

O que fazer para suportar o calorão que está fazendo na cidade? Para os que estão correndo atrás do trio elétrico no horário de pico do sol ou ainda curtindo aquela praia durante os dias de folia, fica o alerta: neste domingo, o índice de radiação será de 13 UV, considerado altamente nocivo para a pele

Ao contrário da cidade do Rio de Janeiro (RJ), que registrou, semana passada, temperaturas que oscilaram entre 38°C e 40,5°C, a temperatura em Salvador não será tão alta, embora a sensação térmica possa ultrapassar a faixa dos 40°C.

A meteorologista Bianca Lobo, da Agência Climatempo, em São Paulo, explica que a sensação térmica é provocada pelo aumento da umidade do ar. A umidade alta deixa o ar saturado, isso dificulta a evaporação do suor e impede que o corpo se resfrie. Por isso, quanto maior a umidade, maior a sensação de calor.

Segundo Lobo, estamos entrando num período de alta atividade solar devido à instabilidade do sol. Esta instabilidade é considerada normal pelos meteorologistas e não tem relação com fatores ambientais, a exemplo do efeito estufa, ou com a estação atual.

Como as áreas instáveis que se formam no oceano estão avançando em direção ao litoral da Bahia, a previsão é de chuva durante todos os dias da folia momesca e nos dois meses que sucedem o Carnaval.  As nuvens ficarão carregadas, com períodos de sol entre muitas nuvens e pancadas de chuva durante o dia, salienta a meteorologista da Climatempo.

Protetores – “Por mais que a gente bata na tecla que as pessoas devem se hidratar ao máximo no verão, ainda tem gente que insiste em fugir a regra. É preciso beber bastante água para hidratar o organismo e investir na proteção física”, frisa a dermatologista do Hospital Universitário Profº Edgard Santos (Hospital das Clínicas), Maria de Fátima Santos Paim. Outra opção é beber água de coco ou sucos de fruta e evitar frituras e comidas gordurosas.

A médica reforça a necessidade do uso do protetor solar durante o dia. “Deve-se passar bastante protetor solar antes de ir para a folia. Usar roupas leves e boné também protege o corpo”, afirma. Ao retornar da praia ou da folia, é recomendado lavar bem o corpo e, em seguida, passar hidratante para evitar o ressecamento da pele. “A depender do tipo de pele, as pessoas podem usar protetor solar de 20 FPS. Quem tem a pele muito oleosa pode optar pela versão em gel”, indica.

A dermatologista explica que há uma distorção no quesito proteção labial, pois muita gente acha que lubrificar os lábios com a saliva é um hábito saudável. Segundo ela, a saliva tem uma alta concentração de enzimas que podem irritar os lábios e fomar cascões ou fissuras. Para evitar que isso aconteça, deve-se abusar da manteiga de cacau, protetores labiais ou, ainda, os batons com filtro solar.

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.