divisor

Tempo Nuvens
Sábado, 30/05/2015
Previsão do Tempo no Nordeste





leitores online

Parceiros





Busca por Data
novembro 2010
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
label opiniao




Webtiva.com // webdesign da Bahia

cdl sao joao
encontro nacional do cafe

Rio de Janeiro sofre nove ataques a carros e motoristas em 48 horas

G1

Na noite de segunda-feira (22) mais quatro carros foram incendiados. Em Copacabana, grupo foi preso com bomba caseira perto de veículo.

Nove ataques assustaram motoristas e moradores do Rio de Janeiro, de domingo (21) até a noite de segunda-feira (22). Depois de um fim de semana violento, na noite desta segunda criminosos voltaram a atacar e incendiaram mais quatro carros. Eles também metralharam uma cabine da Polícia Militar.

Carro é metralhado na manhã desta terça-feira:

Nas últimas 48 horas, houve arrastões e carros incendiados no Trevo das Margaridas, em Irajá, no subúrbio, na Via Dutra, na altura da Pavuna, com dois episódios praticamente no mesmo local, e na Avenida Dom Hélder Câmara, também no subúrbio, na Linha Vermelha, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em Laranjeiras e na Lagoa, na Zona Sul, na Tijuca e no Estácio, na Zona Norte da cidade.

Presos com bomba em Copacabana
Em Copacabana, na Zona Sul do Rio, na madrugada desta terça-feira (23), um homem foi preso e dois menores detidos com uma bomba de fabricação caseira próximos a um carro. Eles são suspeitos, segundo a PM, de participar de ataques em Copacabana. De acordo com a polícia, eles jogaram uma bomba debaixo de um carro, mas um segurança conseguiu apagar o pavio.

Na noite de segunda, mais dois carros foram incendiados e dois foram roubados na Via Dutra. Na Zona Norte do Rio, outros dois carros foram incendiados, sendo um na Tijuca, e outro no Estácio. Em Del Castilho, no subúrbio do Rio, uma cabine da PM foi metralhada. Os tiros atingiram um carro que estava estacionado nas proximidades. Ninguém ficou ferido.

Cronologia
No domingo, criminosos atearam fogo em dois carros na Linha Vermelha, depois de assaltar os motoristas. Um carro da aeronáutica foi metralhado na ação. À noite, na Via Dutra, na altura da Pavuna, dois carros foram roubados e uma vítima foi baleada; houve ainda arrastões em Laranjeiras e na Lagoa, na Zona Sul.

Na segunda-feira (22), motoristas de dois carros e uma van tiveram seus veículos incendiados no Trevo das Margaridas, em Irajá. Próximo dali, na Rua Monsenhor Félix, no mesmo bairro, uma cabine da PM foi baleada. Ninguém ficou ferido.

À noite, suspeitos atiraram contra policiais na Avenida Dom Hélder Câmara, em Del Castilho, no subúrbio, atingindo a cabine da PM e um carro que estava estacionado perto. Também no subúrbio, na Via Dutra, dois carros foram queimados na altura da Pavuna, próximo ao local do episódio de domingo, e outros dois veículos foram roubados. Na Zona Norte, outros dois carros foram incendiados, um no Estácio e outro na Tijuca.

Na manhã desta terça-feira (23), mais um carro apareceu queimado, desta vez na Praça da Bandeira, na Zona Norte. Segundo policiais da 18ª DP (Praça da Bandeira), o proprietário contou que encontrou o carro pegando fogo e acredita que tenha sido um ataque. Peritos vão ao local para verificar o que ocorreu.

Carro é metralhado e dois morrem na BR-040

Mais de 10 marcas de tiros podem ser vistas no carro metralhado na BR-040

Um Honda Civic com pelo menos 12 marcas de tiro na lateral e dois ocupantes mortos foi encontrado por volta das 6h30 desta terça-feira (23), na pista lateral sentido Rio, da Rodovia Washington Luís, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

De acordo com a concessionária Concer, que administra a rodovia, testemunhas contaram à equipe de socorro que pelo menos uma vítima foi socorrida por populares e teria sido levada para o Hospital Moacir do Carmo, também em Caxias. O crime assustou motoristas que passavam pelo local, após a série de ataques das últimas 48 horas no Rio.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), no entanto, não considera que haja relação entre eles. Uma das hipóteses para o crime, segundo a PRF, é uma execução promovida por traficantes da favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, já que foram ouvidos muitos tiros durante a madrugada desta terça. A outra é a de tentativa de assalto.

De acordo com a Concer, o veículo metralhado ocupa uma das faixas da pista lateral sentido Rio, mas as retenções na via ocorrem por causa do congestionamento na Avenida Brasil e na Linha Vermelha.

Destaque 1
“Morte Súbita”: Em entrevista, Jair Lagoa explica situação dos contratos vigentes
Destaque 2
Livramento: Perícia demora de identificar e liberar corpos de casal carbonizado na BA-148
Destaque 3
Greve afeta 48 universidades federais, dizem sindicatos de professores e servidores
Destaque 4
Profissionais da Educação decidem pelo fim da greve na Rede Municipal de Conquista

1 resposta para “Rio de Janeiro sofre nove ataques a carros e motoristas em 48 horas”

  • Estamos em guerra urbana, e ela esta declarada, o cristo redentor chora lágrimas de sangue em cima do corcovado, enquanto isso nossa sociedade hipócrita repudia, fazendo marchinha pedindo paz, essa mesma sociedade tem que repudiar esses corruptos que destrói milhares de vidas com uma assinatura, imagine se todos os milhões de reais desviados pela corrupção fossem investidos em segurança, saúde, educação e infra-estrutura, nossas fronteiras estão abertas, estamos na rota do trafego, e o senhor da guerra já visitou Copacabana e subiu os morros cariocas oferecendo para comunidade policia pacificadora, vivemos em um país democrático mais mesmo assim temos obrigações, se todos os presos brasileiros fossem obrigados a votar, nosso sistema carcerário viraria condomínio de luxo, no jeito que a coisa anda, logo estaremos enriquecendo urânio, desmatando a Amazônia para plantar maconha, porque no Brasil os ricos e corruptos quando são julgados fazem trabalhos comunitários e nos brancos, negros, pobres e assalariados, somos condenados antes de ser julgado, exilados a zonas periféricas.

Deixe seu comentário


Mais Lidas

Alta Voltagem
A vida é feita de escolhas, mas o nosso próprio nome não podemos escolher. E se seus pais escolheram um nome que você não gosta, o que você faria? ASSISTA:



TODOS OS VÍDEOS

Blogs









Facebook



Vagas

  • Função: Doméstica
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: R$788
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Fisioterapeuta
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Bio Aprimoramento
Candidatar

  • Função: Recepcionista
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Recepcionista
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Gerente de Negócios
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Odorata Cosméticos
Candidatar

  • Função: Gerente Administrativo de Vendas
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Intuicion Deluxe Lingerie
Candidatar

  • Função: Auxiliar de Atendimento
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Central De Cursos
Candidatar

  • Função: Analista de Logística
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Promotor de Eventos
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: R$968
  • Empresa: Farra Promoções E Eventos
Candidatar

  • Função: Representante Comercial
  • Cidade: Vitória da Conquista
  • Salário: R$2350
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

Powered by SINE


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia