G1

Dupla teria se recusado a parar após ordem policial nesta manhã. Outro suspeito foi preso na ação e encaminhado para a 22ª DP (Penha). Quatro carros foram incendiados nesta madrugada. Número de mortos já soma 35, segundo a polícia.

Duas pessoas foram baleadas na manhã deste sábado (27) na Fazendinha, comunidade que faz parte do no Conjunto de Favelas do Alemão, na Penha, na Zona Norte do Rio.

Oficial durante ação na Vila Cruzeiro, na Penha

Segundo policiais da 22ª DP (Penha), os dois seriam menores, teriam se recusado a parar após ordem policial e acabaram feridos na Rua Canita. Na ação, um suspeito também foi preso. Ainda de acordo com a polícia, os dois feridos estavam sem documentos e foram encaminhados para o Hospital Getúlio Vargas, também na Penha.

Mortos em operações no Rio já são 35

Subiu de 34 para 35 o número de mortos no Rio de Janeiro em operações coordenadas pela Polícia Militar entre segunda-feira (22) e esta sexta-feira (26). A informação foi divulgada na madrugada deste sábado (27) em nota oficial publicada no site da PM.

Nesta sexta, segundo o balanco da polícia, quatro pessoas foram mortas em confrontos nos morros do Juramento e Gonçalves, e nos bairros de Santo Cristo e Inhaúma. Durante as operações, outros quatro suspeitos foram presos, de acordo com a Polícia Militar.

Quatro carros incendiados nesta madrugada

Mesmo com o patrulhamento reforçado da Polícia Militar, o Rio de Janeiro voltou a registrar novos ataques de criminosos na madrugada deste sábado (27). De acordo com a PM, quatro carros foram incendiados em dois pontos diferentes do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Não houve presos ou feridos.

Durante toda sexta (26), a polícia continuou trabalhando para tentar evitar as ações dos criminosos. A Polícia Federal e o Exército já reforçam a segurança na Vila Cruzeiro, na Zona Norte. Nas áreas onde houve confrontos, pelo menos nove escolas suspenderam as aulas.

De acordo com o 20º BPM (Mesquita), dos quatro automóveis encontrados em chamas nesta madrugada, três estavam na Estrada Adrianópolis, e outro na Rua Andréia, ambas no bairro Botafogo, em Nova Iguaçu. As informações também foram confirmadas pelo bombeiros do quartel de Nova Iguaçu. As chamas já foram controladas. O trânsito não foi afetado.

Balas traçantes iluminam a noite

Traficantes voltaram a atacar no final da noite de sexta-feira (26) no Alemão. Imagens gravadas por uma equipe da TV Globo mostram balas traçantes atravessando a comunidade. Os tiros atingiram a base onde estão abrigados os policiais militares do Batalhão de Choque da PM (BPChoque). Ainda não há informações de feridos.

Assustados, muitos moradores se esconderam em vans para fugir da comunidade. As forças policiais, com apoio do Exército, bloqueiam os acessos ao Alemão. A polícia pode ocupar o conjunto de favelas a qualquer momento.

De acordo com o coronel Lima Castro, relações públicas da PM, desde domingo foram registrados 96 veículos incendiados, 48 armas, 8 granadas apreendidas, além de grande quantidade de drogas e material inflamável. Além disso, a PM informou que, até esta tarde, o número de presos era de 196.

Comentários

comments