divisor

Parceiros



Tempo Nuvens
Segunda-feira, 30/03/2015
Previsão do Tempo no Nordeste





leitores online

Busca por Data
dezembro 2010
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Webtiva.com // webdesign da Bahia

fainor

PF prende 13 pessoas em operação de combate a caça-níqueis na Bahia

A Tarde

Treze pessoas foram presas na operação da Polícia Federal (PF) de combate à exploração de caça-níqueis denominada “Reset”, na manhã desta quarta-feira, 1º. Entre os detidos, estão os empresários Augusto César Requião, José Luís de Oliveira Simões, Leonardo Reis Almeida e Valdemir Acácio Ozorio, que são apontados como chefes no esquema de jogos de azar. Inicialmente, policiais federais divulgaram que o primeiro nome de Requião era Rubens, mas a informação foi corrigida posteriormente. Requião, Simões e Leonardo Almeida foram detidos em seus apartamentos em edifícios de luxo na Graça, Vitória e Alphaville I.

A polícia também prendeu Oliver Michel Fransceschi, em Fortaleza, no Ceará, onde mora, que é acusado de ser o responsável pela importação do material necessário para a fabricação de máquinas caça-níqueis. Para a operação, ele utilizava a empresa Sygnaron, que fica em São Caetano do Sul (SP), e é de propriedade de Wilbis Wilson Paulo.

Os demais presos não tiveram nomes divulgados. No total, são 14 mandados de prisão e 41 de busca e apreensão em Salvador, Itaparica, São Caetano do Sul, em São Paulo, e Fortaleza, no Ceará.

Os agentes também fazem buscas em depósitos de máquinas caça-níqueis e já apreenderam cerca de 400 monitores, além de placas-mãe na empresa 2M2B, na rua Djalma Dutra, região das Sete Portas. Os policiais também já fizeram buscas na O.M Recreativos, de propriedade de Augusto César Requião, um dos detidos.

A ação é um desdobramento da operação “Aposta”, realizada em 2007, onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão contra o mesmo grupo. Após a investigação, os empresários reestruturaram suas empresas e voltaram a atuar com jogos de azar.

2 respostas para “PF prende 13 pessoas em operação de combate a caça-níqueis na Bahia”

  • CARLOS disse:

    DEIXA OS CARAS VIVER EM PAZ.
    ELES DÃO EMPREGO A UMA MULTIDÃO DE DESEMPREGADOS QUE O GOVERNO NÃO TEM EMPREGO PORA TANTA GENTE.
    ESPERO QUE ELES SEJAM SOLTOS E CONTINUE A MANTER ESTES EMPREGOS.

  • Daniel disse:

    neste pais de primeiro mundo como cuba (só Brasil e Cuba) não te legislação de jogos, empresários sérios, que dão emprego de carteira assinada vão presos, certamente a sociedade não merece isto, será que pessoas assim ainda apostarão no brasil, ou juntarão seu dinheiro, capacidade de gerir e sua criatividade para serem felizes em outro pais mais sério, onde o governo não fuja de suas responsabilidade e deixa o povo decidir o que fazer com seu dinheiro, porque aqui, bem aqui o governo decide o que vamos fazer, e ainda dizem que estamos em um pais com alto grau de democracia, rsrsr muito rsrsrs, muito boa sorte a estes empresários que não vive com politicos de dinheiro do povo!

Deixe seu comentário


Mais Lidas

Alta Voltagem
Hoje em dia alguns bancos dão muita facilidade para aumentar o limite de um cartão de crédito ou isentar a anuidade. Muitas pessoas ligam para o atendimento para ver se conseguem esses benefícios. ASSISTA:



TODOS OS VÍDEOS

Blogs









Facebook




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia