WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

FTC

diamantina toyota

novo horizonte

fainor

natanael tocoto

Prefeito de Rio de Contas tem salário superior ao do presidente Lula

Brumado Notícias
Ganhando R$ 12 mil mensais, o prefeito Márcio de Oliveira Farias não tem do quê reclamar (Foto: Kauê Souza/Brumado Notícias)

Essa semana os brasileiros ficaram chocados com a agilidade do Congresso Nacional ao aprovar aumentos para eles mesmos, presidente da república e vice, além dos ministros de Estado. Os aumentos variam de 61,8% a 133,9%. A aprovação sem discussão prévia com a sociedade pegou a todos de surpresa.

Em Rio de Contas, Lei aprovada no final da gestão passada, com vigor a partir da nova gestão, elevou os salários do Prefeito, Márcio de Oliveira Farias (PMDB), para R$ 12 mil do vice para R$ 6 mil. Valor que superava o atual salário do presidente Lula e do vice, José Alencar, que é de R$ 11.400. Só para comparação, o prefeito da maior cidade do Brasil e uma das maiores do mundo, São Paulo, recebia em 2009 salário de R$ 12.384,04.

Nesse mesmo ano houve elevação salarial, mas na ocasião o prefeito Gilberto Kassab (DEM), falou que doaria a diferença do aumento do seu salário. Em 2008 antes do primeiro turno das eleições, o prefeito de Salvador, João Henrique (PMDB) , que era candidato a reeleição vetou a lei que reajustaria seu salário. Só que com sua reeleição no segundo turno, nova lei foi aprovada pelos veradores e seu salário passou de R$ 8.586,00 para R$ 11.145,66.

Como se vê, o salário do prefeito de Rio de Contas está acima do princípio da moralidade. Como pode um prefeito ter salário maior que o do presidente da república, ou mesmo de cidades cujo nível de complexidade administrativa é bem maior como São Paulo e Salvador? Ressalta-se ai que o salário do prefeito de Rio de Contas está dentro do princípio da legalidade (está aprovado em lei e de acordo com a constituição), mas quanto ao princípio da moralidade é passível de questionamento.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.