WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom governo da bahia

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael tocoto

Líbia: Hotel que abriga jornalistas em Trípoli é alvo de tiroteio

G1

Repórteres e cinegrafistas viveram momentos de tensão. Hotel Corinthia fica no centro da capital líbia.

Grupos de jovens milicianos rebeldes líbios abriram fogo nesta quinta-feira (25) contra o Hotel Corinthia de Trípoli, situado no centro da cidade e onde estão hospedados muitos jornalistas estrangeiros que fazem a cobertura da guerra no país.

O tiroteio causou momentos de confusão e nervosismo entre os hóspedes do hotel e obrigou os repórteres a buscar um refúgio e fugir dos quartos e do próprio recinto. A princípio, não houve relato de nenhuma vítima no tiroteio.

O Hotel Corinthia fica nas imediações da parte antiga de Trípoli, uma cidade fantasma por causa do conflito, do Ramadã, do calor, do desabastecimento dos comércios e da ação dos francoatiradores, que mantêm a população escondida em suas casas. Apesar de os rebeldes terem erguido postos de controle e registrarem qualquer veículo que passe, inúmeros grupos de homens armados andam tranquilamente pela cidade.


Otan nega participação nas buscar por Kadafi

Rebeldes invadem residências em Trípoli na tentativa de localizar Kadafi

A Otan negou nesta quinta-feira (25) a existência de uma coordenação militar com os rebeldes da Líbia e reiterou que seu objetivo não é o coronel Muammar Kadhafi, desaparecido desde que os oposicionistas tomaram a capital, Trípoli, e seu quartel-general.

“A Otan não mira em nenhuma pessoa especificamente”, disse a porta-voz da Otan, Oana Lungescu, à France Presse. “Não há coordenação militar com os rebeldes”, completou. “Executamos operações na Líbia seguindo ao pé da letra nosso mandato (do Conselho de Segurança da ONU) para proteger os civis”, destacou a porta-voz. Ela disse ainda a organização seguirá “com atenção” a “volúvel” situação no campo de batalha.

“Atuamos quando é necessário, quando detectamos ataques ou ameaças de ataques contra os civis”, disse Lungescu. A Otan participa na busca do coronel Kadhafi com “inteligência e equipamentos de reconhecimento”, afirmou o ministro britânico da Defesa, Liam Fox, ao canal privado Sky News. Rebeldes líbios continuavam nesta quinta-feira à procura do ditador, que, segundo militares americanos, provavelmente ainda estaria na capital. Ele nega-se aa se entregar.

Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest