WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

pmvc

SECOM aeroporto vca

bahiatursa

diamantina toyota

novo horizonte

fainor

feiradorolodeconquista

natanael falar e arte

PMVC atende reivindicação de moradores e asfalta o Jardim Candeias

Redação | PMVC

A Prefeitura de Vitória da Conquista iniciou, no último dia 24, procedimentos de drenagem e asfaltamento das principais ruas do loteamento Jardim Candeias, na zona leste de Vitória da Conquista. Comunicado distribuido no bairro confirmou o início das obras, viabilizadas através da alocação, em plenárias do Orçamento Participativo, de recursos próprios no volume de R$ 1 milhão, atendendo a antiga reivindicação dos moradores daquela localidade.

Considerado ‘bairro’ pela vizinhaça, o Jardim Candeias começou a ser aberto no início dos anos 90, com a conclusão das obras no loteamento Morada do Bem Querer. Desde então, pouco foi feito pelo bairro, exceto o essencial. Apesar de situado no complexo de bairros que compõe o Candeias, e com alta valorização de seus imóveis, o loteamento sofria até agora com a falta do asfaltamento e, sem ele, com a poeira, Finalmente, as ruas já estão em processo de pavimentação.

O asfalto começará a ser aplicado pela Rua Juca Barros. Serão asfaltadas também as ruas Valdiberto Andrade, José Pereira de Oliveira (trecho), Antônio Luís dos Santos, Altemar Dutra, Paulo Amorim, Francisco Cândido Xavier (trecho), Cândido Portinari, Mário Quintana, Professora Maria Sophia, Vitor Hugo, Rua 4 e Edna Gomes Ribeiro, além da Praça Mary Gleide.

A orientadora educacional Jeneci Neri foi uma das primeiras moradoras do loteamento e conta os transtornos vividos ao longo do tempo. “Mudei pra cá há 15 anos, quando era só matagal. A poeira quando faz sol, a lama quando chove, a buraqueira no meio da rua causa muito desgaste pra gente no dia a dia. Tenho criança em casa e uma delas inclusive é alérgica a poeira e sofre muito com essa situação”. Com a notícia de que sua rua será asfaltada, as expectativas são outras: “é maravilhoso! As perspectivas são muito boas; vai melhorar o imóvel, vai valorizar, ficar muito bom”, contou.

Já o morador da Rua Juca Barros, Laudionor Ferreira da Silva, pensava em mudar do Loteamento. “Eu pensava em vender a casa e ir para outro lugar. Com o início da pavimentação fui mudando de ideia; estou investindo na casa. A expectativa é grande tanto entre os moradores quanto para o pessoal que trabalha na parte de imobiliária, pois o asfalto pode significar uma valorização dos imóveis de 30 a 40%. Para quem já decidiu morar aqui significa mais conforto”, avaliou Laudionor.

A professora Maria Ângela Satiko Honda vive na Avenida José Pereira de Oliveira há um ano e comemora o início do levantamento topográfico e do rebaixamento das redes de água, etapas que precedem a chegada do asfalto. “Estou muito feliz. Graças a Deus, eles vão fazer essa obra. É maravilhoso. A gente tem essa expectativa desde que a gente começou a construir; imaginávamos que iria demorar bastante e agora que estou sabendo que vai ser realizada. Logo eu fiquei muito feliz, satisfeitíssima”.

O professor de Judô Raudenis Silva Júnior foi conferir o andamento das obras da casa que está construindo no Loteamento e também ficou satisfeito em saber que, quando mudar para o local, já contará com asfalto na porta da residência. “Acho bastante louvável essa iniciativa. Aqui é um bairro nobre, que iniciou há pouco tempo, e a Prefeitura está dando esse asfalto de presente para a gente. Tá sendo muito bem vindo. Vai beneficiar bastante a infraestrutura, valorizar os imóveis e a cidade como um todo”, concluiu.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.