WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

pmvc

SECOM aeroporto vca

bahiatursa

diamantina toyota

novo horizonte

colegio opcao

feiradorolodeconquista

natanael tocoto

Justiça bloqueia bens de Colbert

Correio

Pedido de bloqueio foi feito pelo procurador do Ministério Público Federal no Amapá, Celso Leal.

O ex-secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins, e outras 17 pessoas suspeitas de envolvimento no desvio de recursos do Ministério do Turismo estão com seus bens bloqueados por decisão do juiz da 2ª Vara Federal do Amapá João Bosco Costa Soares.

No início de agosto, 36 pessoas chegaram a ser presas na Operação Voucher, da Polícia Federal, mas todas já foram soltas. O pedido de bloqueio foi feito pelo procurador do Ministério Público Federal no Amapá Celso Leal, e tem o limite de R$ 4 milhões, valor que pode ter sido desviado, segundo apurou o inquérito da PF.

O objetivo do pedido de bloqueio, acatado anteontem, é assegurar o ressarcimento do dinheiro aos cofres públicos, caso a fraude seja comprovada. Na lista de bens à disposição da Justiça estão os saldos das contas bancárias dos 18 acusados, além de imóveis situados em Brasília, Macapá e São Paulo.

Além de Colbert, também estão com os bens bloqueados o ex-secretário executivo do ministério, Frederico Costa, e o ex-presidente da Embratur, Mário Moysés. Eles chegaram a ficar presos durante cinco dias no Amapá e acabaram sendo exonerados dos cargos que ocupavam.

Na quarta-feira, eles e mais 18 envolvidos foram denunciados por crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato (obtenção de vantagem em razão do cargo) e uso de documento falso. Colbert não foi encontrado ontem para comentar o caso.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.