WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv

ifood

diamantina toyota

fainor

Itapetinga: Após onda de invasões a fazendas, Rodrigo Hagge recorre ao ministro da Justiça

Fazendeiro que teve uma propriedade invadida no distrito de Palmares, relatou que os ocupantes estão armados com revólveres, rifles, espingarda e facas.

A invasão de quatro fazendas no município de Itapetinga, no centro-sul baiano, tem preocupado fazendeiros na região. As invasões têm sido atribuídas a índios. De acordo com o site Sudoeste Hoje, o fazendeiro Vitor Andrade, que teve uma propriedade invadida recentemente no distrito de Palmares, relatou que os ocupantes estão armados com revólveres, rifles, espingarda e facas. O grupo seria o mesmo que invadiou, no final de setembro, a fazenda da família do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Por conta da onda de invasões, o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge (PMDB), vai a Brasília nesta terça-feira (3) para tratar do assunto com o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

O encontro ocorre após articulação do secretário Nacional para Assuntos Corporativos e vereador licenciado de Salvador, Paulo Câmara (PSDB), que trabalha no gabinete do ministro baiano Antônio Imbassahy (PSDB).

O deputado estadual Eduardo Salles (PP) também se manifestou em defesa dos produtores rurais do sudoeste ao tomar conhecimento dos episódios. O pepista chamou os invasores de “índios do Paraguai” e afirmou que os atos ameaçam a agropecuária baiana. “Famílias e trabalhadores estão sendo expulsos de suas terras e são obrigados a abandonar suas fazendas. Em três dias já foram invadidas cerca de dez propriedades. Vários homens armados estão roubando as fazendas e sequestrando quem encontram nas propriedades”, apontou o parlamentar. As informações são do Bocão News e Sudoeste Hoje.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.