WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

FTC

diamantina toyota

novo horizonte

fainor

natanael tocoto

Conquista: Professora está entre os dez destaques nacionais e concorre a prêmio científico

Elmara Pereira de Souza, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), é finalista DO Prêmio Professor Destaque da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE).

Os professores Adalton José Araújo Silva, do Colégio Estadual Wilson Lins, em no município de Valente (246 km de Salvador), e a professora Elmara Pereira de Souza, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), em Vitória da Conquista (521 km da capital baiana), estão entre os dez finalistas do Prêmio Professor Destaque da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE). Os dois educadores da rede estadual de ensino concorrem por projetos desenvolvidos no âmbito do projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, nas respectivas unidades escolares onde atuam. O prêmio será anunciado durante cerimônia da FEBRACE 2018, no próximo dia 16 de março, em São Paulo.



Docente na área de Biologia, o professor Adalton fala do orgulho de ter tido o projeto “Smart Cam” selecionado para concorrer à final da FEBRACE.

“Estar concorrendo em uma feira que é a maior em Ciências e Engenharia da América Latina, em um universo de 340 projetos concorrendo em todo o país é uma honra muito grande. É, sobretudo, uma prova de que os trabalhos realizados no âmbito do programa Ciências na Escola estão trazendo resultados bastante positivos para a Educação do Estado”. Além disso, completa o docente, estar entre os dez finalistas é um estímulo profissional e para o fazer Ciências em sala de aula.

O Smart Cam, explica o professor orientador, é um dispositivo que tem como finalidade aumentar a segurança de motoristas e passageiros no momento de uma ultrapassagem, utilizando câmeras que ampliam a visão do motorista. O projeto, desenvolvido pelos estudantes Saulo Ferreira e Ana Letícia Lima, premiado na 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), no ano passado, quando ambos estavam com 16 anos de idade e cursavam o 2º ano do Ensino Médio. “O experimento funciona como um monitor no retrovisor lateral externo do carro, evitando assim um número significativo de acidentes nas estradas. O nosso projeto surgiu depois que o pai de uma aluna sofreu um acidente por conta de uma ultrapassagem imprudente. O assunto despertou nela o interesse de desenvolver um mecanismo que, colocado no retrovisor do carro, pode evitar ou reduzir o número de acidentes”, conta o professor.

Segundo a professora Elmara, que desenvolve a Incubadora de Projetos no CJCC, em Vitória da Conquista, o espaço é um local para exercitar a escuta, debater ideias, formular questões e buscar soluções. “Sempre fui uma professora inquieta buscando novas formas de fazer e viver a Educação. Acredito que esses anos de caminhada me permitem orientar cada aluno, a partir de pressupostos do método científico, de forma mais leve e lúdica”, destacou.

A professora Elmara ressalta dois trabalhos que tiveram destaque, em 2017, na Incubadora de Projetos: “Choices’ e ‘Você tem atitudes sustentáveis?’. O primeiro, que reflete sobre a importância de desenvolver hábitos alimentares saudáveis, ganhou o terceiro lugar em um edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) e resultou na apresentação de um artigo no congresso da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Belo Horizonte, ganhando uma menção honrosa.

“Veja o alcance disto, tivemos três estudantes da Educação Básica apresentando um artigo científico juntamente com alunos de graduação e pós-graduação e foi uma experiência incrível. O segundo projeto apresentado está entre os finalistas da FEBRACE e foi criado com a ideia de ser um projeto de interação educativa para os participantes discutindo ações sustentáveis”, explicou a professora.

FEBRACE

O prêmio da FEBRACE tem como objetivo reconhecer os esforços dos professores na orientação e acompanhamento de estudantes, realizando projetos de pesquisa em Ciências ou Engenharia; compartilhar experiências comprovadas com educadores de diferentes partes do país; e estimular outros docentes a se envolverem com o desenvolvimento de projetos de iniciação científica com seus alunos. SECOM-BA.GOV.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.