WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv

ftc

ifood

diamantina toyota

colegio opcao

Bahia: Furto de cartão de crédito levou ao assassinato de estilista em Itabuna

Jerry Vitor Rocha, de 19 anos, e Mar Ramos, a vítima, tinham se conhecido pelas redes sociais e o garoto morou na casa da vítima por 15 dias.

Jerry Vitor Rocha, assassino confesso de Mar Ramos, demonstrou frieza e um perfil interesseiro na primeira aparição pública após o crime. Em entrevista à TV Cabrália, nesta tarde, ele não demonstrou nenhuma culpa ou expressão de arrependimento. Confessou ter furtado o cartão de crédito da vítima e estava impossibilitado de sair da casa desde as 14h30min de terça-feira. Foi neste horário que o estilista percebeu o furto do cartão, trancou as portas da residência, no centro de Itabuna, e teria ameaçado chamar a polícia para intervir na situação. As horas se passaram até que Mar dormiu e o assassinato f oi cometido na madrugada.

O criminoso, que fará 20 anos em setembro, disse que tentou fugir pelo telhado. Esperou Mar Ramos dormir para matá-lo e levou o dito cartão de crédito, com o qual comprou em Ilhéus a passagem para São Paulo, pagou o táxi até Itabuna e tentava na rodoviária trocar a data da viagem. Perguntado se tinha a senha do cartão, disse que percebeu os números no momento em que estava com o estilista e o via digitando para fazer qualquer pagamento. Com ele também foram encontrados perfumes e relógios, todos do estilista. Jerry e Mar tinham se conhecido pelas redes sociais e o garoto morou na casa da vítima por 15 dias. No último de semana, por exemplo, eles foram juntos a uma formatura.

Prisão na rodoviária

Suspeito de assassinar o estilista Mar Ramos, foi capturado na manhã de hoje (10), às 12h30, na rodoviária de Itabuna. A Polícia Civil recebeu uma denúncia de que Jerry Vitor Rocha dos Santos, 20 anos, estava na estação e acionou a Delegacia de homicídios de Itabuna (DH). Chegando à rodoviária a DH capturou o suspeito, que já estava de passagem comprada para a cidade de Porto Seguro. O investigador Elísio, diz que o Jerry Vitor, estava portando vários cartões da vítima, e que só chegou a utilizar um cartão para fazer compra. Juntamente com os cartões estava também junto aos pertences um celular novo, que aliás foi todo o pivô, segundo o suspeito, da discussão entre ele e Mar Ramos, a vítima.

Durante um áudio feito na delegacia, o homicida afirmou que golpeou a vítima com golpes de pá, enquanto o mesmo estava dormindo. Segundo ele, a discussão se deu por que Mar descobriu que ele havia pego um dos seus cartões e utilizado para comprar o celular que está com o mesmo; o Jerry confessa ainda que, quando Ramos descobriu, eles foram à loja fazer a troca do aparelho, mas não foi possível trocá-lo, assim se deu início antes do crime a discussão pelo furto do cartão o que resultou na morte do estilista. Segundo o Itabuna 24 Horas, acusado cita no seu relato que conheceu Mar Ramos, pelas redes sociais e recebeu um convite para vir a Itabuna e já morava com ele há trinta dias. O jovem residia na cidade de São Paulo e teria uma namorada lá e um filho de apenas cinco meses.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.