WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

PMVC IPTU

diamantina toyota

fainor

natanael tocoto

Brutal: Homem invade república, ataca universitários e mata estudante de Química a facadas

Orivaldo José da Silva Filho, de 22 anos, foi atacado pelo suspeito. Ele tentou fugir, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local.

Um jovem de 22 anos foi morto a punhaladas após um homem atacar estudantes em um pensionato na madrugada deste domingo (17) em Maringá, no norte do Paraná. Outros dois rapazes ficaram feridos. O suspeito foi preso, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu na Zona 7. O autor do ataque morava nos fundos da residência. De acordo com a Polícia Civil, ele entrou na casa por volta das 2h e atacou três rapazes que estavam na cozinha. Dois conseguiram fugir e foram perseguidos na rua pelo suspeito.

As vítimas e vizinhos que ouviram a confusão acionaram a Polícia Militar (PM). O homem havia retornado para o pensionato para atacar outros estudantes, quando foi contido por uma equipe policial, segundo a PM. Ele foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Maringá. O estudante Orivaldo José da Silva Filho, de 22 anos, foi atacado pelo suspeito. Ele tentou fugir, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local. O jovem era do de Conchas, no interior de São Paulo, e estava em Maringá onde se preparava para ingressar em uma turma de doutorado em Química. Os outros dois jovens que fugiram ficaram feridos. Eles foram encaminhados para hospitais da cidade e continuam internados. A polícia não informou a idade dos jovens feridos.

Faca foi usada para atacar estudantes em pensionato â?? Foto: Polícia Civil/Divulgação

Suspeito preso

Segundo a Polícia Civil, o autor do ataque é Osvaldo dos Santos Pereira Junior, de 26 anos. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar e ouvido pela Polícia Civil na manhã deste domingo (17). O suspeito confessou que esfaqueou os jovens e disse à polícia que era maltratado na casa. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem estava muito transtornado no momento do crime e pediu para que os jovens se ajoelhassem. Na sequência, atacou as vítimas com um punhal. A Polícia Civil informou que investiga o crime e que irá apurar a saúde mental do suspeito. Segundo a polícia, o suspeito ainda não tem advogado constituído.

Enterro do corpo de Orivaldo foi realizado em Conchas (SP) â?? Foto: Bruno Casteletto/TV TEM

Sepultamento em meio a dor

O corpo do estudante universitário morto durante o ataque a um pensionato de Maringá (PR) foi enterrado às 15h desta segunda-feira (18), no Cemitério Municipal de Conchas (SP), cidade onde a família da vítima mora. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 2h de domingo (17). Um dos moradores do pensionato abordou quatro rapazes que estavam na cozinha. Três foram esfaqueados. Imagens de uma câmera de segurança flagraram o crime. O estudante de Química Orivaldo José da Silva Filho, de 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Um dos rapazes se trancou em um quarto da casa e não se feriu. Outros dois, que foram esfaqueados, conseguiram fugir e seguem internados em hospitais de Maringá. O estado de saúde dos jovens é estável. Ainda na manhã de domingo, o suspeito foi ouvido pela Polícia Civil. Segundo o delegado Laércio Fahur, o homem confessou o crime. O suspeito disse aos policiais que vivia no pensionato, mas que morava na garagem da casa e que era maltratado por alguns moradores. A Polícia Civil investiga o caso e apura a saúde mental do suspeito. Ele continua preso em Maringá.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.