WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

PMVC IPTU

diamantina toyota

fainor

natanael falar e arte

Bahia: Integrante do PCC-SP “mete o louco” na PM e tomba em confronto. Imagens fortes

Caso aconteceu em Prado. Pedro Henrique Ribeiro Gomes, vulgo “Pedrinho”, de 20 anos de idade, que já tinha passagem por homicídio e tráfico de drogas.

Policiais do PETO da 88ª CIPM foram averiguar uma denúncia feita por populares, de que um homem armado estava ameaçando moradores no Bairro Almeida Atlântico (Portelinha), na cidade do Prado. O fato aconteceu no final da tarde desta sexta-feira, 22 de março, na Rua Sucupira. Segundo os PMs, quando eles chegaram no endereço, o suspeito, ao perceber aproximação da viatura, começou a atirar contra os militares, que revidou à injusta agressão.

CLIQUE AQUI, imagens fortes.

O suspeito correu para o interior de uma residência, onde foi encontrado caído na varanda, ferido e com um revólver da marca Rossi, de calibre .38, que estava municiado com 05 cartuchos, sendo que 04 estavam deflagrados e um intacto. Os policiais socorreram o suspeito para Unidade de Pronto Atendimento – UPA, onde não resistiu aos ferimentos, e veio a óbito logo depois que deu entrada no Pronto Socorro.

O caso foi apresentado na Delegacia de Polícia, para o delegado titular, Kleber Gonçalves, que identificou o suspeito como, Pedro Henrique Ribeiro Gomes, vulgo “Pedrinho”, de 20 anos de idade, que já tinha passagem por homicídio e tráfico de drogas na cidade do Prado. Informações passadas pela Polícia Militar ao site Liberdade News dão conta que o “Pedrinho” já teria sido preso sob acusações de roubo/furto, no Estado de São Paulo, onde chegou cumprir pena. Ainda segundo informações, o Pedrinho também tinha ligação com PCC (Primeiro Comando da Capital). O seu corpo foi removido para o IML da cidade de Itamaraju, onde passará por necropsia, sendo liberado posteriormente aos familiares.

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.