WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

FTC

diamantina toyota

novo horizonte

fainor

natanael tocoto

Caso “Japinha”: Polícia desmente versão do La Fúria. Crime foi cometido em residência

Banda disse que Negra Japa foi esfaqueada em assalto no bairro Itapuã. Dançarina teria sido flagrada na cama com marido da agressora.

O esfaqueamento da dançarina da banda La Furia ocorreu dentro de uma residência, no Alto do Coqueirinho, segundo informações da Polícia Civil. A assessoria da banda havia divulgado que Elizabete Gonçalves tinha sido assaltada no bairro de Itapuã. Japinha Negra Japa, como é conhecida, foi esfaqueada na tarde de terça-feira (16). Apesar da informação oficial apontar um assalto, horas depois do crime, um áudio e um vídeo da suposta esfaqueadora começaram a circular nas redes sociais.



Resultado de imagem para japinha la furia

Nas imagens, a mulher admite ter cometido o crime porque Japa estaria se envolvendo com seu “macho”. Diante da repercussão do caso, a 12ª Delegacia de Polícia (Itapuã) passou a investigar o crime, mesmo sem o registro da ocorrência por parte da vítima ou de algum representante dela. Algumas testemunhas foram ouvidas e a perícia da casa já foi solicitada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Enquanto isso, Japa segue internada no Hospital Municipal, onde foi atendida e passou por uma cirurgia — o procedimento não foi esclarecido, mas ela foi atingida nos pulmões. Através das redes sociais, a família da dançarina informou que ela não corre risco de morte e se mantém em um quadro de saúde estável. Já a banda se pronunciou na tarde de quarta (17) por meio de uma nota no Instagram. No comunicado, a La Furia afirma que está prestando “total assistência a Elizabete e suporte a sua família”, mas ressalta que não voltará a se pronunciar sobre o assunto. O Bahia Notícias tentou contato com o grupo, mas não obteve retorno.

Resultado de imagem para japinha la furia

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.