WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

diamantina

fainor

uber eats

aky veiculos

natanael falar e arte

Brutal: Esposa confessou ter matado ex-coronel com haltere, após tentar simular suicídio dele

Polícia foi acionada para atender ocorrência de suicídio, mas indícios davam conta de homicídio consumado. Mulher alegou legítima defesa.

As circunstâncias da morte do coronel da reserva e ex-comandante do 21º BPM (Batalhão da Polícia Militar), Silvio Gomes Ribeiro, 54 anos, tiveram uma reviravolta horas depois do fato. Ele foi encontrado morto em casa, na tarde desta quarta-feira (22), no bairro Estreito, em Florianópolis. A polícia foi acionada para atender a uma ocorrência de suicídio. Chegando no local, os policiais perceberam que havia indícios de homicídio e acionaram os agentes da delegacia especializada da Capital para conferir.



De acordo com a diretora de Polícia da Grande Florianópolis, Eliane Chaves, a esposa do coronel, Tânia Zappelline Ribeiro, estava em choque durante a coleta de informações sobre a morte e acabou confessando a autoria do crime. Ela alegou legítima defesa. Conforme o depoimento de Tânia à polícia, Silvio foi golpeado com um haltere de academia. Na sequência, ela teria feito os cortes no pulso e no pescoço dele para tentar simular um suicídio.

Resultado de imagem para Tânia Zappelline Ribeiro

A esposa do coronel foi levada para a Central de Plantão Policial para prestar depoimento. Segundo o site ND+, até as 21h40, a Polícia Civil não havia divulgado mais detalhes do depoimento e de possível histórico de violência entre o casal. Além de ter sido comandante do 21º BPM, o coronel também foi candidato a vereador de Florianópolis no pleito de 2016 pelo PSC (Partido Social Cristão). Atualmente, estava na reserva remunerada da polícia.

Resultado de imagem para Tânia Zappelline Ribeiro

PM divulga nota de pesar

A Polícia Militar de Santa Catarina divulgou nota de pesar pela morte do coronel Sílvio Gomes Ribeiro. De acordo com a nota, o oficial foi encontrado morto em sua residência nesta quarta-feira (22). Ele encerrou sua carreira à frente do 21º Batalhão de Polícia Militar, no Norte da Ilha, em Florianópolis. O coronel, pai de cinco filhos, contabilizou mais de 30 anos na PM. “A corporação lamenta profundamente sua perda”.

Resultado de imagem para Tânia Zappelline Ribeiro

Imagem relacionada

Resultado de imagem para Tânia Zappelline Ribeiro

uber eats

Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.