WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
mrv 2

PMVC

ftc
safernet br
diamantina

aky veiculos

natanael tocoto

Luto: PRE e Civil apuram acidente que matou a empresária Nilvana Ribeiro na BA-263

Empresária do ramo de celulares, faleceu após grave batida contra um caminhão boiadeiro, na noite deste sábado (21), perto de Itororó.

Enquanto o município de Itororó amanhece enlutado com a notícia da morte trágica da empresária Nilvana Ribeiro, a “Nil”, conhecida comerciante do ramo de celulares na cidade, a Polícia Rodoviária Estadual e a Polícia Civil investigam o motivo que culminou na tragédia da rodovia BA-263, no trecho conhecido como “Ladeira da Peroba”.



Era pouco mais de 20 horas, quando a comerciante, que saiu de Itapetinga e retornava à Itororó, teria sido surpreendida com uma luz alta em sua direção, perdido o controle do carro e batido violentamente contra um caminhão boiadeiro. Com o impacto, o carro foi arremessado para fora da pista, ficando completamente destruído. A vítima morreu presa às ferragens. O caminhão foi parar em uma das margens da pista e, até onde se sabe, o condutor não teve ferimentos relevantes. Até as 21h30 o corpo de Nilvana ainda não havia sido retirado das ferragens.

Muito conhecida em Itororó, Nilvana tinha muitos clientes e amigos em toda a região onde atuava há muitos anos com uma franquia da empresa de telefonia Vivo no Centro de Itororó. Liberado pelo IML de Itapetinga, o corpo já está em velório, mas a reportagem ainda não foi atualizada sobre o local, nem o horário do sepultamento. Aos enlutados, prestamos nossa solidariedade. Com informações de Keile Araújo, do Irororó Já.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo



Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.