WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nova mrv

PMVC

FTC



safernet br
novo horizonte

aky veiculos

natanael falar e arte

Luto: Família aguarda liberação do corpo de Hiago Freitas, vítima de crime bárbaro em Conquista

Universitário da Fainor e motorista de aplicativo, de 24 anos, foi encontrado após 48 horas de desaparecimento. Seu corpo foi achado carbonizado.

Familiares do jovem Hiago Evangelista de Freitas, 24 anos, seguem em vigília no Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista, para onde seu corpo foi levado, após ser encontrado em um terreno nas imediações da cidade, na manhã desta sexta-feira (8). A tragédia encerra uma agonia de 48 horas aproximadamente, desde que Hiago sumiu após supostamente aceitar uma corrida de aplicativo.



Universitário da Fainor, o rapaz natural de Guanambi trabalhava como motorista de Uber e 99Pop para complementar sua renda e ajudar no custeio do seu curso de ondontologia. Ele sumiu na última quarta-feira (6), após supostamente aceitar uma corrida, em que os passageiros diziam ir “buscar uma motocicleta”. Essa informação não foi completamente verificada, já que partiu de diálogos em grupos de Whatsapp de motoristas de app da cidade. Desde que seu sumiço foi confirmado pelos familiares, dezenas e informações desencontradas e até mesmo “fake news” foram disseminadas, o que foi duramente criticado pela Polícia Civil, que já havia assumido o caso nesta quinta-feira (7).

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Na manhã de hoje (8), já com familiares de Hiago, vindos de Guanambi, presentes na cidade no auxílio às buscas, duas novas informações levaram a elucidação trágica do seu desaparecimento. Primeiro um corpo semi-carbonizado havia sido achado na região do São Sebastião, nos arredores de Vitória da Conquista, nas primeiras horas desta manhã. Pouco tempo depois, o carro de Hiago foi achado na Rua da Corrente, bairro Alto Maron, enquanto a Polícia levava familiares do jovem para verificarem o corpo. Lamentavelmente, segundo o delegado Marcos Vinícius, o corpo foi reconhecido por eles.

Não existem maiores detalhes sobre as circunstâncias do assassinato. Entretanto a Polícia não tem dúvidas de que Hiago foi vítima de sequestro, no momento em que os passageiros entraram em seu carro. Existem várias hipóteses, que a Polícia prefere não revelar, para manter sem interferências as investigações do crime bárbaro. A qualquer momento o corpo de Hiago Freitas deve ser liberado e trasladado de volta à Guanambi, onde será velado e sepultado. Em Nota de Pesar, a FAINOR lamentou a morte trágica de seu aluno. O caso segue em aberto, sob responsabilidade da DH – Delegacia de Homicídios.

A imagem pode conter: 1 pessoa

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa

Nenhuma descrição de foto disponível.



Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.