WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc

secom bahia

uniftc





safernet br
fainor

aky veiculos

uber eats

natanael tocoto

Imagens fortes: Um dos suspeitos da morte de Luma Layne morre em confronto. Outro se entregou

Antes de Filipe se entregar, um outro suspeito havia sido identificado pela Polícia: Marcionílio, vulgo “Gongão”, morto pela PM.

Um crime bárbaro e com muitas pontas soltas. Assim é a definição do fato ocorrido na noite da última sexta-feira (06) que resultou na morte da nutricionista Luma Layne, na cidade de Camacan. Filipe Jesus Santos compareceu à sede da Delegacia de Polícia Civil de Itabuna na noite deste domingo (08) e confessou ter participado da ação que tirou a vida da jovem.

CLIQUE AQUI, imagens fortes.



Acompanhado do advogado Gilberto Soares, Filipe afirma que a morte de Luma foi acidental, já que o objetivo do grupo criminoso era roubar o veículo das vítimas, e que não teria sido ele o autor do disparo que matou a mulher. O suspeito revelou ainda que conhecia Pedro Gomes, companheiro de Luma, já tendo trabalhado junto com o pai na roça dele. Entretanto, quando questionado, afirmou que Pedro não teria envolvimento com o que aconteceu. Assista:

Antes de Filipe se entregar, um outro suspeito havia sido identificado pela Polícia: Marcionílio, vulgo “Gongão”. Gongão morreu em confronto com a polícia neste domingo (06), no bairro Portelinha, em Camacan. Ele estava com o possível terceiro participante da ação criminosa, ainda sem identificação. De acordo com o depoimento de Filipe, quem atirou contra Luma seria esse terceiro indivíduo que está foragido. A polícia segue investigando o caso. // Verdinho Itabuna.



Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.