WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom app covid

diamantina





safernet br
fainor

aky veiculos

uber eats

natanael falar e arte

Coronavírus: Artistas entram em alerta com cancelamento de shows e mercado já sente efeitos

Apenas a dupla Bruno & Marrone teve 25 shows cancelados nos próximos 60 dias. Roberto Carlos cancelou sua agenda até 2021.

Com a velocidade de casos positivos do coronavírus no Brasil e a orientação de se fazer quarentena, o mercado de shows está reavaliando seus contratos e reagendando datas para o segundo semestre e até para 2021, como é o caso de Roberto Carlos. O cantor faria mais uma edição do “Emoções em alto-mar” em Cancun, no México, previsto para outubro, e remarcou para o ano que vem ainda sem uma data certa.



A exemplo do Rei, muitos cantores, bandas e duplas sertanejas estão tentando se adequar às novas normas e apresentações que aconteceriam no próximo fim de semana serão feitas no segundo semestre. O problema é que o entorno dos artistas vem sofrendo um baque, já que muitos músicos, produtores e vendedores de shows só recebem após as apresentações dos artistas ou mais próximo da confirmação das datas.

Roberto Carlos adiou cruzeiro para 2021

Nesta quinta-feira, 19, o apresentador e locutor de rodeios, Cuiabano Lima, tem agendada uma reunião com o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em Brasília. “Como ficou muito em cima e está confuso esse negócio de voos, vou de carro mesmo e teremos uma conversa e uma vídeoconferência com demais representantes para expor nossa situação e buscar auxílio para a classe”, diz Cuiabano, que irá até o Planalto representando a ABRAPE, Associação Brasileira dos Promotores de Eventos. Com a chegada da doença e a recomendação de não aglomerações, muitos artistas já não sabem quando poderão trabalhar novamente e muitos tiveram datas canceladas. “Bruno e Marrone cancelaram 25 datas e estão tentando remanejar para o segundo semestre”, conta um produtor.

Resultado de imagem para show cancelado

Além do coronavírus, o calendário dos artistas ainda tem as festas de São João no meio do ano. E muitos cachês já foram negociados e pagos. “Em junho e julho ninguém mexeu ainda. Mas estamos bastante preocupados”, diz uma fonte do mundo sertanejo. Não só no mundo das duplas os adiamentos e cancelamentos têm sido uma questão. Os festivaius, como o Vila Mix, a turnê de Amigos e a agenda dos irmãos Melin também sofreram alterações. “Até quando vamos aguentar? Os boletos vão continuar chegando”, lamenta uma empresária.

Resultado de imagem para show cancelado

movel




Comentários

comments

Leia também no VCN: