WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc IPTU 2020





safernet br
fainor

fainor

aky veiculos

uber eats

natanael falar e arte

FOTOS: Após determinação contra o Coronavírus, praias de Salvador amanhecem desertas

Medida passa a valer a partir deste sábado (21); suspensão é evitar a aglomeração de pessoas em um único espaço. Shoppings também devem ficar fechados.

As praias de Salvador amanheceram vazias neste sábado (21), quando começa a valer o decreto da prefeitura de interdição de seis delas pelo período de 15 dias, como medida para conter aglomerações e o avanço do coronavírus. Na Bahia, até este sábado, havia 34 casos confirmados do Covid-19. Os shoppings de Salvador também devem ser fechados a partir deste sábado.



As praias interditadas são Porto da Barra, Farol da Barra, Rio Vermelho, Itapuã, Piatã e Ribeira. Elas tiveram o acesso bloqueado com o uso de estacas e arames lisos, gradis, balizadores, além da sinalização com informações do decreto e orientações ao público. A prefeitura destaca que nas demais praias da cidade, a guarda vai atuar, mediante denúncia da própria população, para evitar aglomerações. A denúncia pode ser feita pelo site do Fala Salvador, do e-mail ou redes sociais da ouvidoria, pois o telefone 156 está sobrecarregado em função das demandas provocadas por conta das dúvidas da população em relação ao coronavírus e também pelas solicitações da operação chuva.

A colocação das estruturas de isolamento das praias começou na noite de quinta-feira (19) e seguiu ao longo de sexta (20), por meio de equipes da Secretaria de Manutenção (Seman). Neste sábado as praias serão fiscalizadas pela Guarda Civil Municipal (GCM) e Secretaria de Ordem Pública (Semop). A operação contou com 60 guardas municipais e começou às 9h, no Porto da Barra, uma das principais praias da capital baiana e bastante frequentada por baianos e turistas. O decreto publicado no diário oficial também proíbe a realização de atividades comerciais em qualquer praia do município, no trecho de areia, bem como a realização de eventos. Os kits distribuídos pela Semop aos comerciantes que atuam nas praias serão retirados e não haverá cobrança de taxas a esses profissionais enquanto durar a medida, com tempo inicial de 15 dias. // G1 Bahia . Bnews.





Comentários

comments

Leia também no VCN:
error: Você não tem permissão para copiar conteúdo ou visualizar a fonte.