WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia saude

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael falar e arte

Conquista: Prefeitura faz alerta a estabelecimentos que estão descumprindo decreto

Ao chegar a esses locais, os fiscais orientam sobre a importância de fechar os estabelecimentos comerciais e explicam quais empresas podem continuar.

O trabalho dos fiscais de Posturas da Prefeitura Municipal foi um pouco diferente nesta segunda-feira (23). Eles foram para as ruas de Vitória da Conquista para garantir o não funcionamento do comércio. Apesar da ampla divulgação do Decreto Municipal que determinou a suspensão de estabelecimentos comerciais. Entre lojas, bares, restaurantes, salões de beleza e autopeças, a fiscalização encontrou quase 100 empresas descumprindo a determinação.



Ao chegar a esses locais, os fiscais orientam sobre a importância de fechar os estabelecimentos comerciais e explicam quais empresas podem continuar com suas atividades durante esse período. Após a abordagem, os comerciantes têm atendido à solicitação do poder executivo e colaborado. “Temos percebido que, em sua maioria, há uma colaboração do comércio. Eles estão cientes da necessidade desse isolamento social e atenderam à solicitação do Governo”, afirma o secretário de Serviços Públicos, Luís Paulo Sousa. “Ainda assim, permanecemos atuando com rigor, realizando rondas não só na região central, como também pelos bairros”, completa.

Um dos comerciantes abordados no bairro Brasil, o jovem Vitor Farias, concorda com a determinação do prefeito. “Estamos trabalhando apenas com entregas. Até ontem, funcionamos normal. Mas, se é para o bem de todos, nós concordamos. A medida foi a mais certa possível”, disse. Na avenida Alagoas, uma loja de ração adotou ainda uma medida para garantir o distanciamento com o cliente na hora do atendimento. “A melhor medida foi essa de isolar a porta para que os clientes comprem do lado de fora, por aqui ser um ambiente fechado. E a gente também faz o delivery pra evitar que os clientes saiam na rua”, explica a vendedora Letícia Oliveira, que usa máscara e também disponibiliza o álcool em gel na loja.

Durante o dia, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos recebeu uma média de 300 ligações e mais de 400 mensagens pelo Whatsapp. Além de denúncias, muitas pessoas fizeram contato com a Secretaria solicitando esclarecimentos sobre o decreto. A fiscalização do comércio ainda conta com o apoio da Vigilância Sanitária e da Polícia Militar, que também tem feito abordagens. As rondas também irão acontecer durante a noite. E, ao longo da semana, os fiscais continuarão nas ruas, podendo realizar autuações e até mesmo cassação de alvarás de funcionamento. Os contatos para Denúncias são: (77) 3420-7009 / 3420-7010 / 98856-4737 (Whatsapp). // Secom-PMVC.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest