WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






safernet br
diamantina

fainor

aky veiculos

uber eats

natanael falar e arte

Covid-19: Cidade faz “drive-thru” de testes rápidos e detecta 86 positivos em 5 horas

Na última atualização desta reportagem, às 13h30, já haviam sido feitos mais de 1.600 testes rápidos na população de Santos, litoral paulista.

Nas cinco horas de funcionamento do Centro de Testagem da Covid-19, montado no Arena Santos (Avenida Rangel Pestana, 184, Vila Mathias) neste sábado (30), 86 testes rápidos já apontaram resultado positivo para o novo coronavírus. O drive-thru foi organizado pela Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, e seguirá realizando testes até quarta-feira (3), sempre das 8h às 14h.



Segundo apurado, os dados são superiores aos obtidos em 13 de maio, quando foi realizado o primeiro dia de testes rápidos no drive-thru montado no Mendes Convention Center. Na data, a Prefeitura registrou 25 resultados positivos em seis horas de atendimento. Na última atualização desta reportagem, às 13h30, já haviam sido feitos mais de 1.600 testes rápidos na população santista. Os motoristas formaram fila de quase um quilômetro pela manhã, que chegava até o cruzamento da Avenida Senador Feijó com a Rua João Eboli, segundo informações Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Testes rápidos são realizados na manhã deste sábado no Arena Santos — Foto: Vanessa Rodrigues/Jornal A Tribuna

Para a melhor fluidez do trânsito, a orientação é para que as pessoas ingressem na fila sempre na Avenida Senador Feijó e façam o caminho até chegar na Rangel Pestana. O serviço está disponível apenas para moradores de Santos, que devem apresentar documento com foto e comprovante de residência. Logo ao chegar ao local, o morador faz um cadastro e a aferição da temperatura com termômetro de testa a laser e da oxigenação do sangue com oxímetro. A pessoa faz ainda um breve relato sobre o estado de saúde dela.

Motoristas formam fila durante testagem para Covid-19 em Santos  — Foto: Marcela Pierotti/G1

Atendendo a todos os requisitos, o morador segue para o teste rápido que coleta sangue do dedo. Os testes rápidos são usados para a triagem de casos suspeitos e indicam se a pessoa já teve contato com o vírus antes ou está produzindo anticorpos para combatê-lo no seu organismo. Após 15 minutos, a pessoa recebe o resultado do teste rápido. Em caso positivo, segue para a coleta de secreção das mucosas nasais e da faringe para o exame laboratorial RT-PCR, que tem efeito confirmatório do diagnóstico. Dois mil kits de RT-PCR estão reservados para a ação. Após cerca de três dias úteis, o resultado é encaminhado para a policlínica do bairro em que a pessoa mora. // TV Tribuna.

movel




Comentários

comments

Leia também no VCN: