WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom governo da bahia

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael falar e arte

Rede Globo: Mais detalhes sobre invasão no setor de jornalismo. Repórter refém é identificada

A jornalista Marina Araújo foi feita fez de refém com uma faca. O comandante do 23° Batalhão da PMRJ, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação.

https://i.imgur.com/Vuxytec.jpg

Um homem armado invadiu o prédio da Globo no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, onde está a central de Jornalismo, imobilizou a jornalista Marina Araújo e a fez de refém com uma faca. A emissora confirmou ao Notícias da TV a tentativa de crime na tarde desta quarta-feira (10), informou que o caso já foi solucionado e que a funcionária está bem. A intenção do invasor era falar com a jornalista Renata Vasconcellos, que faz 48 anos.



“Na tarde desta quarta-feira, um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém. A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação”, diz a equipe de Comunicação da Globo, em nota. A emissora afirmou que Marina permaneceu imobilizada pelo invasor por alguns minutos, e que a jornalista não sofreu nenhum tipo de ferimento e tampouco se machucou. Assista:

“A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos.” O invasor somente liberou Marina quando Renata Vasconcellos surgiu no local. Ela somente compareceu à cena do crime por orientação do comandante Heitor, que conduziu a operação. O rapaz rapidamente soltou a faca assim que avistou a âncora do Jornal Nacional. “A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção”, concluiu a emissora.

Homem invade Rede Globo, no Rio, e faz repórter refém | Brasil ...

As imagens do circuito interno de segurança vazaram nas redes sociais. Em um vídeo publicado no Twitter, é possível ver Marina sendo feita de escudo por um rapaz que usava uma máscara e chapéu pretos, que acabaram camuflando seu rosto. Marina Araújo é uma das repórteres mais versáteis da Globo, e foi escalada para cobrir assuntos de diferentes áreas, como política, economia, saúde e esportes. Integrou a equipe do Bem Estar, cobriu a Copa do Mundo de 2014. Na GloboNews, foi apresentadora do Almanaque. // Notícias da TV.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest