WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia saude

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael falar e arte

Região: Homem compra Hilux “clonada” em Vitória da Conquista e acaba detido na BR-116

Aos policiais, o abordado disse que adquiriu o carro há quinze dias, pela internet, e pagou 130.000 reais.

Um carro de luxo, com registro de roubo e que circulava clonado, foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite desta terça-feira (04), em Jequié (BA), no sudoeste da Bahia. Equipe da PRF realizava fiscalização em frente a unidade operacional policial (UOP), localizada na altura do quilômetro 677 da BR 116, quando abordou uma Toyota/Hilux, com placas de Itororó (BA). O veículo era conduzido por um homem de 38 anos.



Foram solicitados os documentos do veículo, do condutor e do passageiro, quando em uma verificação minuciosa na caminhonete e após consulta detalhada ao sistema da polícia, os agentes federais observaram se tratar na realidade de um carro, com registro de roubo datado de março/2020, na cidade de São Gabriel da Palha (ES) e que circulava clonado, com placas trocadas, para tentar despistar fiscalizações da polícia. Diante dos fatos, o passageiro de 39 anos que é portador de necessidade especial (PNE), assumiu ser o proprietário do veículo e relatou que adquiriu o carro há cerca de 15 dias, por meio de um anúncio na internet. Disse ainda que pagou 130.000 reais e retirou a Hilux na cidade de Vitória da Conquista (BA).

Informou ainda que hoje precisou se deslocar de Itororó e pretendia chegar a Salvador para realizar adaptações estruturais no carro, e em razão da sua deficiência visual pediu ajuda ao amigo para dirigir a caminhonete. Por fim disse que desconhecia às irregularidades apresentadas. Em seguida e em razão do fato delituoso pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, previsto no art. 311 do Código Penal, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, para formalização dos procedimentos cabíveis. Muitos dos veículos recuperados não possuem seguro e quando são devolvidos aos legítimos proprietários eles se sentem extremamente agradecidos com a ação policial. // Nucom-PRF.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest