WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia saude

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael falar e arte

Covid-19: “Vacina chinesa chegará para testagem na Bahia até setembro”, anuncia Rui Costa

De acordo com o governador, as tratativas devem ser concluídas na próxima semana e a expectativa é de que a vacina chegue no estado no prazo de um mês.

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou, nesta sexta-feira (7), um acordo com a empresa chinesa Sinopharm para testagem de uma vacina produzida pelos asiáticos na Bahia e nos demais estados do Nordeste. De acordo com o governador, as tratativas devem ser concluídas na próxima semana e a expectativa é de que a vacina chegue à Bahia em 30 dias.



Rui Costa informou que participou de uma teleconferência com o grupo chinês, responsável por desenvolver duas linhas de vacinas contra a Covid-19. O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas e a secretária de Ciência e Tecnologia, Adélia Pinheiro, também participaram da reunião. “Nós fizemos o contato com eles para que o Nordeste, e obviamente a Bahia, participassem dessa pesquisa. Eles concordaram e ainda hoje enviarão os documentos para que a gente assine um protocolo conjuntamente já na próxima semana. A partir daí, pediremos autorização à Comissão Nacional de Ética e Pesquisa, do Conselho Nacional de Saúde, e também da Anvisa, para fazermos os testes dessa vacina”, explicou o governador.

Ainda segundo Rui, se os testes forem aprovados, os lotes da vacina devem ser enviadas em 30 dias. “Seriam em torno de 4 mil pacientes testados por aqui. Essa vacina já foi aplicada em 100 mil chineses e também em outros países”. O governador também lembrou que a Bahia já participa de um teste da vacina produzida por uma empresa de biotecnologia alemã e uma indústria farmacêutica norte-americana. Na capital baiana, os testes são realizados no Centro de Pesquisa do Hospital Santo Antônio, em conjunto com o laboratório privado Pfizer.

“Além disso, vamos assinar um documento com uma empresa russa para fazer um teste com a vacina desenvolvida por eles. Com isso, estamos buscando aproximar o intercâmbio científico de pesquisa e de saúde e ao mesmo tempo nos colocando na frente para termos acesso às primeiras vacinas oferecidas, para imunizar a nossa população”. Além dessa vacina contra a Covid-19 testada pela Pfizer, outra, idealizada pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca também está sendo testada no país e voluntários baianos já receberam a dose. // G1 Bahia.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest