WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia saude

diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

pic pay

natanael tocoto

Tragédia: Pai é preso suspeito de causar acidente que matou os dois filhos em rodovia. VÍDEO

Samuel Henrique, de seis anos, e Saulo José, de quatro anos, morreram após carro bater contra carreta. Para teria arremessado o veículo intencionalmente.

Um professor foi preso suspeito de provocar o acidente que matou os dois filhos neste domingo (10) na Dutra em Lavrinhas. Segundo a Polícia Civil, o homem entrou na rodovia pela contramão, trafegou pelo acostamento e jogou o carro contra uma carreta. O acidente foi por volta de 12h deste domingo e as crianças Samuel Henrique, de seis anos, e Saulo José, de quatro anos, morreram na hora. O pai das crianças, de 59 anos, foi socorrido e segue internado no Hospital Regional de Taubaté. Ele vai responder por homicídio doloso.



Segundo o boletim de ocorrência, o pai seguia na contramão da rodovia pelo acostamento em alta velocidade. Ao ver o caminhão, invadiu a pista e bateu contra o veículo. A suspeita da polícia é de que ele tenha causado o acidente por causa de discussões com a mãe da criança. Dias antes, ela havia feito um boletim contra ele por ameaça. Em depoimento, o motorista do caminhão contou a polícia que, antes da batida, o pai das crianças tentou invadir a pista, mas ele conseguiu desviar para a pista lateral. Mas mesmo assim, o motorista do carro jogou o veículo contra o caminhão novamente. Com o impacto da batida, o caminhão pegou fogo após o acidente e ficou destruído. O motorista do caminhão não se feriu. Assista a reportagem:

Segundo a polícia, o caso foi registrado como homicídio doloso, quando há a intenção de matar. O delegado que registrou o caso, Cirilo Neto, explicou que, além do depoimento, a perícia apontou indícios que mostram que a situação não foi um acidente, mas proposital. “Não há indícios de que o motorista tenha perdido o controle ou freado ao atravessar a pista contrária”, explicou. O delegado ainda afirmou que no dia 6 de agosto a mãe das crianças havia registrado um boletim de ocorrência por ameaça contra ela após uma discussão. O casal estava separado e ela mantinha a guarda das crianças. A mãe teria, informalmente, permitido que o pai pegasse as crianças para passar o domingo por causa do Dia dos Pais. O homem teve ferimentos no acidente e está hospitalizado, mas preso sob escolta policial. Os corpos das crianças foram velados e sepultados na manhã desta segunda-feira em Cruzeiro.

Irmão das crianças fala em “premeditação”

A família das crianças mortas em um acidente na Dutra, no último domingo (9), acredita que a batida tenha sido planejada pelo pai por não aceitar o término do relacionamento com a mãe dos meninos. O homem foi preso por suspeita de homicídio doloso. Segundo a Polícia Civil, ele entrou na rodovia pela contramão, trafegou pelo acostamento e jogou o carro contra uma carreta. De acordo com o irmão das vítimas, João Pedro Mendes, de 21 anos, a mãe e o padrasto ficaram casados por seis anos. Os dois tinham uma união estável, mas nos últimos anos teriam começado discussões frequentes e em uma delas o homem teria agredido a esposa. Ela, então, procurou a polícia e decidiu se separar. João conta que nos últimos meses, depois da separação, a mãe passou a receber ameaças do ex, que chegava a persegui-la. Na última quinta-feira (6), eles teriam tido uma discussão por causa da pensão em atraso e ele a teria ameaçado de morte.

Pai é preso suspeito de causar acidente que matou os dois filhos ...

Desde a discussão, as crianças não viam o pai – a guarda era da mãe. No domingo (9), segundo João, ele teria ido a casa da ex-mulher e pedido para levar os filhos para verem a pintura nova da oficina em que trabalha. A mãe teria deixado por insistência dos filhos e dado prazo de meia hora para que ele trouxesse as crianças de volta. Com ele, foram Samuel Henrique, de seis anos, Saulo José, de quatro anos, e a afilhada da mãe, de três anos. “Quando deu a meia hora e ele não voltou, ela foi lá para buscar os filhos e encontrou a afilhada de três anos sozinha na calçada. Começamos a tentar contato com ele, mas não atendia”, diz. Após quase uma hora sem que o pai dos meninos atendesse as ligações, João conta que começaram as buscas. “Nos dividimos e fomos a vários lugares onde ele poderia ir com as crianças enquanto minha mãe seguiu para a delegacia. Ao chegar lá, ela soube pelos policiais que os filhos estavam mortos”.

Pai é suspeito de causar acidente que matou os próprios filhos ...

De acordo com o boletim de ocorrência, o pai entrou na contramão na via Dutra em alta velocidade e avançou contra um caminhão. Na batida, os dois filhos morreram. A família acredita que ele planejou a morte para atingir a mãe por não aceitar o divórcio. “Ele a ameaçou dizendo que ela escolheria se ia ter uma vida longa ou a morte. Apesar disso tudo, ela nunca acreditou que ele pudesse fazer algo contra os próprios filhos. O que ele fez para ela foi mais que uma morte. É irreparável”, conta. Além de estar na contramão e o depoimento do caminhoneiro reforçar que o pai dos meninos jogou o veículo contra o caminhão, a perícia não encontrou marcas de desvio ou de freada no local do acidente. O pai sobreviveu e está internado no Hospital Regional de Taubaté, com escolta policial. O caso foi registrado como homicídio doloso, quando há a intenção de matar. Apesar disso, ainda é investigado pela polícia. Samuel e Saulo foram enterrados em Cruzeiro na manhã desta segunda-feira (10). // Vanguarda.

Pai provoca acidente e mata os dois filhos na Dutra em Lavrinhas ...



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest