WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
diamantina toyota

secom bahia

embasa





safernet br
camara de vitoria da conquista

hsc

fainor

aky veiculos

natanael a honra do cla

Givanete Nogueira: Suspeito tentou pagar dívida com cheque sem fundos, antes de matar empresária

Corpo da vítima foi encontrado na zona rural de Barra do Choça nesta quinta (21). Suspeito, que já foi preso, é dono de um comércio vizinho ao de Givanete.

A morte da empresária Givanete de Souza Nogueira, de 51 anos, na zona rural de Barra de Choça, no sudoeste da Bahia, foi elucidada pela Polícia Civil. Segundo a Secretaria de segurança Pública (SSP-BA), a investigação confirmou a suspeita de que a vítima foi morta por causa de uma dívida de R$ 15 mil que o suspeito tinha com ela.



Ainda de acordo com a SSP-BA, uma amiga de Givanete contou em depoimento que ela tinha dito que estava apreensiva e que encontraria um homem por causa de uma dívida. O suspeito do crime foi preso na quarta (20). Segundo informações do delegado Elvander Rodrigues de Miranda, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco/Conquista), a família de Givanete Nogueira procurou a delegacia para registrar seu desaparecimento, após sair para encontrar um homem que lhe devia uma quantia.

De acordo com a polícia, o suspeito é dono de um comércio vizinho ao da vítima e já havia passado um cheque sem fundos para saldar a dívida. Após sair para encontrar ele, a empresária não deu mais notícias a família e a amiga. O órgão também contou que policiais procuraram o homem, que disse ter dado uma carona a Givanete Nogueira e a deixado em uma determinada rua. Entretanto, a equipe do Draco levantou imagens de câmeras de monitoramento no trajeto descrito pelo suspeito e apurou que as informações eram falsas.

Corpo da empresária Givanete Nogueira será sepultado em Pernambuco - Blog  da Resenha Geral

A prisão do suspeito foi solicitada à Justiça e após o cumprimento do mandado, os investigadores descobriram o local onde ele havia deixado o corpo da vítima. Givanete Nogueira foi achada com marcas de agressão e estrangulamento por uma cadela farejadora da Polícia Militar. Ela é empresária em Vitória da Conquista, cidade a cerca de 30 km de Barra do Choça. A investigação conduzida pela polícia judiciária revelou que o suspeito, identificado como Everton Bruno dos Santos Miranda, a matou para não pagar a dívida contraída. Ele ficará custodiado à disposição da Justiça. // G1 Bahia.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest