WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

Destaque 2
Tragédia: Acidente mata quatro pessoas na BR-135 perto de Barreiras, região oeste da Bahia
Destaque 2
Bahia: Identificada empresária que morreu após sofrer infarto fulminante em uma
farmácia
Violência: Jovem é morta pelo ex-companheiro após mudar de cidade por conta de agressões
Destaque 4
Sudoeste: Jovem jacaraciense que estava desaparecido em São Paulo é encontrado morto
divisor
busca por titulos


JORNAL DA MANHÃ . 26/09/2017

• BLOCO 1
Tempo Nuvens
Terça, 26/09/2017
(clique na imagem para assistir)

Busca por Data
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

diamantina toyota fainor

:: ‘Brasil’

Violência: Jovem é morta pelo ex-companheiro após mudar de cidade por conta de agressões

Vítima havia se separado após sofrer agressões dentro da casa do ex-companheiro, com quem tem um filho de 4 anos.

Untitled-2.jpg

Untitled-1.jpgA atendente de telemarketing Jennifer Morais Belo, de 20 anos, foi morta pelo ex-companheiro Luciano Borges da Silva, de 37, em Juquiá, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Vítima de ameaças constantes, segundo familiares, a jovem foi esfaqueada diversas vezes no pescoço. O suspeito foi preso na noite desta segunda-feira (25).

O crime ocorreu no domingo (24), na casa de um parente de Jennifer, que é moradora de Praia Grande, no litoral paulista. Testemunhas disseram que ela foi surpreendida pelo ex-marido quando entrava no imóvel, no bairro Vila Sanches. Ele a imobilizou pelo pescoço e começou a esfaqueá-la. A vítima ainda tentou se esconder em um dos cômodos da residência, mas o ex-marido a perseguiu. Jennifer parou de ser esfaqueada apenas depois que um vizinho da família da jovem, um homem de 57 anos, conteve o agressor, que acabou o esfaqueando no rosto. Em seguida, Luciano fugiu.

:: LEIA MAIS »

Tristeza: Jovem internada morre após ser atingida na cabeça por aparelho na UTI. VÍDEO

Estudante de 19 anos se recuperava de traumatismo craniano sofrido durante uma queda de cavalo. Polícia Civil apura de quem foi a responsabilidade pelo acidente dentro do hospital.

Untitled-3.jpg

Untitled-1.jpgA Polícia Civil investiga se uma estudante de 19 anos morreu em decorrência de negligência médica, após ser atingida na cabeça por um aparelho de monitoramento cardíaco dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Barretos (SP). Segundo o delegado Antônio Alício Simões Júnior, que chefia a investigação do caso, Beatriz Cardoso estava internada desde 16 de setembro com traumatismo craniano causado por uma queda de cavalo.

O estado de saúde se agravou após o incidente e ela morreu na noite deste domingo (24). Procurada, a Santa Casa informou que vai colaborar com as autoridades para apuração completa de todos os fatos. Simões Júnior disse que o caso é investigado como homicídio culposo e que aguarda o exame necroscópico realizado pelo Instituto Médico Legal (IML), além do laudo dos peritos, para esclarecer de quem foi a responsabilidade pela queda do equipamento na UTI. Assista:

:: LEIA MAIS »

Sudoeste: Jovem jacaraciense que estava desaparecido em São Paulo é encontrado morto

William havia sido visto pela última vez na quinta à noite e depois não deu mais notícias. Assim que percebeu seu desaparecimento, familiares estiveram na casa onde ele morava.

Terminou de forma trágica as buscas dos familiares de William de Sousa José, 31 anos, natural da cidade de Jacaraci na Bahia, que desde a última quinta-feira (21) estava desaparecido. No fim da tarde desta segunda (25) seu corpo foi encontrado em um matagal próximo ao local onde morava na cidade de Parelheiros, interior de São Paulo. A polícia investiga as condições em que a morte ocorreu, mas há indícios de suicídio. Familiares do rapaz não quiseram comentar sobre o desfecho do desaparecimento de William e disseram apenas que se tratava de um rapaz “incrível e que sempre estava de bem com a vida”.

:: LEIA MAIS »

Brasil: Toyota investirá R$ 1 bi na produção do C-HR. Montadora não confirmou modelo

O novo modelo compacto da marca começará a ser vendido a partir da segunda metade de 2018. Reaquecimento nas vendas fez a Toyota tomar a decisão.

A Toyota anunciou nesta segunda-feira investimento de 1 bilhão de reais em sua fábrica de veículos em Sorocaba (SP), destinados à produção de um novo carro compacto da marca no país. Especialistas dizem que é o C-HR, mas a montadora ainda não confirmou. O lançamento começará a ser vendido a partir da segunda metade de 2018.

O investimento se soma aos 600 milhões de reais que a montadora japonesa anunciou em 2016 para expandir sua fábrica de motores em Porto Feliz (SP) e são anunciados no momento em que o mercado de veículos mostra sinais de interrupção da sequência de quatro anos de quedas nas vendas. A fábrica da Toyota em Sorocaba, inaugurada há cinco anos, produz o Etios, a primeira aposta da montadora no segmento de compactos no Brasil. A empresa produz o sedã Corolla, modelo mais vendido da marca no país, em Idaiatuba (SP).

:: LEIA MAIS »

Tragédia: Irmã do cantor Raí, da banda Saia Rodada, é assassinada e o marido baleado

Damiana Soares de Lima estava em casa, quando dois homens chegaram em uma moto e a chamaram. Ao se aproximar, foi executada, o marido estava próximo e também foi atingido.

Uma mulher foi morta a tiros neste domingo (24) em Umarizal, município do Rio Grande do Norte. O marido dela também foi baleado. Segundo a Polícia Militar, Damiana Soares de Lima, de 40 anos, é irmã do cantor da banda Saia Rodada. A polícia contou que Damiana estava em casa com o marido, quando dois homens chegaram em uma moto e a chamaram. Quando ela se aproximou da porta, os criminosos atiraram. A mulher foi atingida por quatro tiros que a atingiram na cabeça e abdômen. O marido dela foi atingido por dois tiros na perna. Vizinhos socorreram o casal para o centro de saúde do município, mas Damiana não resistiu. O marido da vítima está em situação estável e fora de risco. Os suspeitos não foram localizados e ainda não há informações sobre a motivação do crime. As informações são do InterTv.

:: LEIA MAIS »

Brasil: Clientes Uber “fieis” receberão créditos, que poderão ser pagos por boleto bancário

Novo sistema em testes permite que passageiros sem cartão de crédito façam corridas e paguem no fim do mês.

Visando alcançar cada vez mais usuários no Brasil, a Uber anunciou o início de uma nova modalidade de pagamento: o sistema de boleto pós-pago. Segundo informações que correm a rede, alguns usuários já receberam um convite para participar dos testes dessa modalidade. O funcionamento aparentemente é simples: o usuário recebe créditos em sua conta, e paga o boleto correspondente ao valor gasto nas corridas um mês depois – o que pode ser uma boa para aqueles que não possuem cartão de crédito ou não se sentem seguros incluindo informações sensíveis e que podem facilitar transações em um aplicativo.

:: LEIA MAIS »

Absurdo: Pastor e mulher são suspeitos de estuprar menina para tirar “maldição do sexo”

Segundo relato da vítima à polícia, casal alegava que os parentes dela poderiam morrer se não fizesse o ‘sacrifício’. Eles negam abusos.

Untitled-1.jpg

Um pastor e a mulher dele foram presos na sexta-feira (22) por suspeita de estupro em Edeia, na região sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, ele abusou de uma menina da igreja que ele pregava, com a conivência da esposa, alegando combater a “maldição do sexo”. O casal nega as acusações. O mandado de prisão temporária foi expedido após a denúncia da vítima, de 16 anos. O delegado responsável pelo caso, Quéops Barreto, explicou que os abusos começaram quando ela tinha 13 anos e duraram cerca de 2 anos. “O pastor disse que ela deveria fazer o ‘Sacrifício de Abraão’ porque ela tinha a maldição de sexo e só quebrava com sexo. Ele falava que, se não fizesse, a mãe e os irmãos iam morrer, usava a fé e o medo”, explicou Barreto.

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Criminosos invadem casa e matam 6 amigos de infância. Foto foi tirada minutos antes

Matança aconteceu na noite desta sexta-feira (22) durante uma bebedeira na comunidade de Santa Maria, em Extremoz, na Grande Natal. Ninguém foi preso.

Untitled-5.jpg

Untitled-4.jpgSeis jovens foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (22) na frente de uma casa na comunidade de Santa Maria, em Extremoz, município da Grande Natal. Eles faziam uma pequena confraternização e bebiam quando foram rendidos pelos assassinos. Um deles ainda foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Ninguém foi preso.

Segundo o delegado Luciano Chaves, que coordena uma das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu por volta das 21h. Ao G1, ele contou que pelo menos 10 homens com armas de grosso calibre participaram da matança. No local, também foram encontradas capsulas de pistola. Os seis mortos foram identificados. São eles: Eribelton Avelino da Silva, 23 anos; Geovane da Silva, 20 anos; Fernando Gomes Teixeira, 20 anos; Artur Antônio Alves do Nascimento, 20 anos; Danielson Cardoso de Aquino, 20 anos; Vinícius Manuel Câmara Tomás, 16 anos. Assista a reportagem:

:: LEIA MAIS »

Itabuna: Mototaxista é assassinado por ambulante durante briga após bebedeira, nesta tarde

José Aroldo Macêdo, o “Aroldinho”, foi morto a golpes de peixeira por indivíduo apelidado de “Índio”. Eles haviam marcado uma corrida, mas resolveram beber antes.

Um homem foi assassinado na tarde deste sábado (23), no Centro Comercial de Itabuna, nas proximidades do mercado Meira. A vítima foi o mototaxista José Aroldo Macêdo, mais conhecido como “Aroldinho”, aproximadamente 50 anos, foi morto com um golpe de faca na altura do peito.

O autor do crime, identificado como João Edson Dionísio, de 51 anos, conhecido como índio, foi preso no local e conduzido a delegacia. Segundo informações, “índio” trabalha no Centro Comercial como ambulante em um carrinho com produtos diversos. Ele teria combinado uma corrida com Aroldinho, mas antes resolveram beber. Durante o bate-papo os dois entraram em discussão e “índio” efetuou um golpe de faca no mototaxista. O Samu chegou a ser acionado, mas a vítima morreu no local.

:: LEIA MAIS »

Brasil: Ex-miss é presa em flagrante, acusada de ser mentora de sequestro de empresário

Vítima, um ex-patrão da suspeita, foi encontrada com uma venda nos olhos, mordaça e estava amarrada no porta-malas de um carro na garagem de um imóvel.

Untitled-2.jpg

A ex-miss Karina Reis é suspeita de ser a mentora do sequestro de um empresário registrado no fim de agosto em Curitiba. A modelo, moradora de Pinhais, município da Região Metropolitana de Curitiba representado por ela no concurso, ficou entre as semifinalistas no Miss Paraná 2017 e acabou presa em flagrante. A moça tem 25 anos e não apenas conhecia o sequestrado como já havia trabalhado para ele. A vítima foi encontrada com uma venda nos olhos, mordaça e estava amarrada no porta-malas de um carro na garagem de um imóvel do bairro Jardim Botânico, na capital. Segundo as investigações, Karina teria convencido o namorado, soldado da Polícia Militar Janerson Gregório da Silva, a participar do crime. Ele também está preso, assim como a mãe, Sueli de Fátima Gregório da Silva. O delegado Cristiano Augusto Quintas dos Santos, do Tigre, o grupo da Polícia Civil especializado em sequestros, é quem detalha como o crime foi cometido.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia