WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ftc

Destaque 1
Brasil: Loalwa Braz, vocalista do Kaoma, é achada morta em carro incendiado, diz polícia
Destaque 2
Tragédia na Itália: Após tremor, avalanche soterra hotel por completo. Mortes confirmadas
Destaque 3
Emprego: SineBahia de Conquista oferece vagas de trabalho para 14 profissões. Lista
Destaque 4
Conquista: Embasa confirma problemas e redução da oferta de água na Zona Oeste
divisor
Tempo Nuvens
climatempo Sexta, 20/01/2017
(clique na imagem para assistir)

Parceiros
souza filho advogados

andrade contabil




Busca por Data
janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
label opiniao
opiniao bdm

Giro com o Blog do Marcelo: Quem está com a razão? LGBT ou a Loja Maçônica?

(clique na imagem para assistir)


colegio opcao

:: ‘Esporte’

TV: Luís Ernesto Lacombe sai de férias e descobre que foi demitido pela Rede Globo

Lacombe estava há 20 anos na emissora carioca, tendo passagens por vários telejornais, além de comandar por 7 anos o “Esporte Espetacular”.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

O jornalista Luís Ernesto Lacombe não faz mais parte do time de contratados da Globo. Ele estava na emissora carioca desde de 1997 e foi demitido nesta semana.

Nesse período, Lacombe teve passagens pela Globo News e a própria emissora carioca no bloco de esporte do “Bom Dia Brasil”. Desde 2011 no jornalístico das manhãs da Globo, Lacombe informava os telespectadores sobre o esporte.

Mas na manhã desta sexta-feira (13), disse apenas no encerramento do telejornal que estava saindo de férias e que voltaria em fevereiro, o que definitivamente não acontecerá. A reportagem procurou assessoria de imprensa da Globo que confirmou que Lacombe não volta mais a emissora. Em seu lugar ficará Cris Dias (dir.), que teve grande destaque durante a cobertura das Olimpíadas ao lado de William Wack no “Jornal da Globo”. Vale lembrar que ele também comandou durante quase 7 anos o “Esporte Espetacular” ao lado da sua agora substituta. // TV Foco.

:: LEIA MAIS »

UFC: Baiana Amanda Nunes não toma conhecimento e destrói Ronda em 48 segundos

A até então favorita ao cinturão foi massacrada pela baiana de Pojuca. Amanda não chegou a tomar nenhum golpe. Saiba com foi a luta.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

A preparação de toda uma vida culminou com a maior vitória da vida de Amanda Nunes. A baiana, que nunca escondeu que sempre se preparou para lutar contra Ronda Rousey, consolidou nesta sexta-feira seu status de maior lutadora do mundo.

Amanda Nunes UFC 207 (Foto: Getty Images)

Ele derrotou o maior nome do MMA feminino de todos os tempos. Lutando com segurança e ignorando a pressão de ter pela frente a ex-campeã mais dominante da sua categoria, a brasileira não tomou conhecimento da americana e atropelou a rival com um nocaute técnico aos 48s do primeiro assalto.

– Olha, eu realmente treino muito duro. Eu tenho um time que está comigo, olha esses caras aqui. Todos esses caras na academia fazem de mim uma grande lutadora. Tenho que agradecer a American Top Team. Estou em outro nível hoje. É incrível, a gente conversou porque ela (Ronda) fez muito pelo esporte, ela tem uma história. Mas agora eu sou a campeã. Vocês têm que parar com essas coisas de Ronda Rousey, agora a campeã é a Amanda Nunes – afirmou a Leoa, ainda no octógono. Assista ao nocaute:

:: LEIA MAIS »

AO VIVO: Velório e homenagem às vítimas da tragédia com avião da Chapecoense

Corpos de brasileiros são recebidos com cortejo em Chapecó. O primeiro corpo a ser desembarcado foi o do atacante Tiago da Rocha Vieira, o Tiaguinho

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

A chegada em Chapecó dos dois aviões com os corpos das vítimas da tragédia no voo da Chapecoense emociona os familiares e amigos no aeroporto, na manhã deste sábado. ASSISTA AO VIVO:

As aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) acabaram de aterrissar no aeroporto da cidade do oeste de Santa Catarina.

Após o cortejo, os caixões foram colocados em dois caminhões e levados à Arena Condá, onde um público aguarda para o velório coletivo. O estádio tem capacidade para 19.000 nas arquibancadas. Terão acesso ao gramado apenas 2.000 pessoas, entre autoridades e familiares. O primeiro corpo a ser desembarcado foi o do atacante Tiago da Rocha Vieira, o Tiaguinho. Ele recebido com uma salva de cinco tiros e sob aplausos das autoridades e familiares presentes, enquanto a banda do Exército brasileiro tocava a marcha fúnebre. O presidente Michel Temer se aproximou para tocar o caixão.

:: LEIA MAIS »

Tragédia da Chapecoense: Comissário boliviano Erwin Tumiri recebe alta hospitalar. Assista

Milagrosamente o técnico em aviação sai sem nenhuma sequela de acidente que matou 71 passageiros e tripulantes. Sua colega deve receber alta neste sábado (3).

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

O comissário boliviano Erwin Tumiri, um dos sobreviventes do acidente da Lamia, recebeu alta nesta sexta-feira (2) do hospital. Assista:

O estado de saúde dos quatro brasileiros que estão internados apresenta melhoras. O lateral Alan Ruschel foi transferido de ambulância da Clínica Somer no meio da tarde. Ele saiu em meio a um tumulto de jornalistas, acompanhado pela noiva, Marina, e pelo médico da CBF, Fernando Solera.

Alan passou por uma cirurgia na coluna, mas vem apresentando melhoras. “Ele está mais equilibrado. Vai começar a se pensar na retirada de sedação e do tubo. Nós o examinamos. Apresenta movimentação nos membros inferiores. Não dá pra gente quantificar, mas ele realmente tem, obedecendo ordens, ”, disse o neurocirurgião Jorge Pagura. Ele foi levado para o Hospital San Vincent, para onde também foi transferido, durante a madrugada, o jornalista Rafael Haenzell. Ele tem costelas quebradas e ainda apresenta dificuldades respiratórias, mas evoluindo.

:: LEIA MAIS »

Chapecoense: Imagens mostram comissário da Lamia em estado de choque minutos após resgate

Em desespero, Erwin Tumiri gritava o nome dos colegas, sem saber a real extensão da tragédia. Por seguir regras internacionais, boliviano foi o que menos se feriu na queda do avião com time brasileiro.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

A polícia colombiana divulgou imagens do resgate do técnico de avião, Erwin Tumiri, um dos sobreviventes da tragédia com a aeronave que levava a delegação da Chapecoense. Assista:

O avião seguia para Medellín, na Colômbia, quando caiu próximo a cidade de La Unión. Ao ser resgatado pelas equipes de socorro, Erwin se desespera e grita pelos colegas de tripulação.

“Onde está Alex? Alex… Ángel… David… Minha tripulação”, desesperou-se o comissário. Ele chega a ser acalmado por um dos socorristas no local. Tumiri era um dos nove bolivianos que faziam parte da tripulação da empresa Lamia. Além dele estavam ainda os pilotos Miguel Quiroga, Ovar Goitia e Sisy Arias e os tripulantes Rommel Vacaflores, Alex Quispe, Gustavo Encinas e Angel Lugo. Em entrevista ao jornal boliviano ‘La Razón’, ele contou o momento de pânico e sobre seguir o protocolo e ter ficado em posição fetal, o que pode ter salvado sua vida.

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: TV boliviana mostra reportagem com Chapecoense antes da decolagem para voo fatal

Nas imagens, , Caio Júnior comenta sucesso e vice de futebol do clube elogia a aérea. Piloto e comissária falam sobre orgulho de levar equipe brasileira. Reportagem foi ao ar antes da notícia da queda do avião.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

Uma reportagem feita pela TV boliviana Gigavisión mostra a tripulação, o time da Chapecoense e a comissão técnica dentro do avião da Lamia enquanto se preparavam para seguir para a Colômbia. Assista:

Na ocasião, Caio Júnior comenta o sucesso do time e o vice de futebol do clube Mauro Stumpf elogia a aérea. O vídeo gravado em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, foi publicado no Youtube pelo “Diário El Deber”.

“Um momento importante para a Chapecoense. A companhia, nós já trabalhamos com eles no jogo de Barranquilla, fomos muito bem atendidos. Agora vai fazer esse novo trajeto conosco. A gente espera que nos deem sorte, como foi da primeira vez, que a gente consiga fazer um grande resultado e levar a decisão final ao Brasil”, afirmou Stumpf. Em seguida, Caio Júnior comenta o sucesso do clube. “Estamos muito orgulhosos de representar o Brasil e chegar nessa final. Principalmente porque representamos uma equipe considerada média ou pequena no Brasil e isso nos fortalece e orgulha ainda mais”, diz ele.

:: LEIA MAIS »

Tragédia da Chapecoense: “Muitos se levantaram e começaram a gritar”, diz tripulante sobrevivente

Boliviano Erwin Tumiri disse também que escapou da morte em queda de avião ficando em “posição fetal”, seguindo recomendações internacionais em caso de iminência de catástrofe aérea.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

Um dos sobreviventes da tragédia com o voo da Chapecoense, o boliviano Erwin Tumiri contou que escapou da morte seguindo um protocolo simples de segurança no caso de acidentes aéreos.

Tripulante da aeronave, ele contou que ficou em posição fetal, com uma mala entre as pernas, o que amenizou o impacto que seu corpo sofreu com a queda. “Sobrevivi porque segui todos os protocolos de segurança. Com a situação de pânico, muitos se levantaram dos assentos e começaram a gritar.

Coloquei umas malas entre as pernas e fiquei na posição fetal, recomendada para acidentes”, disse ele ao jornal boliviano La Razón. Além de Erwin, outro membro da tripulação sobreviveu – a assistente de bordo Ximena Suárez, também boliviana. Os pilotos Miguel Quiroga, Ovar Goitia e Sisy Arias, além dos tripulantes Rommel Vacaflores, Alex Quispe, Gustavo Encinas e Angel Lugo morreram no acidente. Ao todo, 71 pessoas morreram, incluindo atletas, técnico e dirigentes da Chapecoense e dezenas de jornalistas. O grupo seguia para a Colômbia para o primeiro jogo do time catarinense pela final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Reveja a emocionante homenagem do JN às vítimas da tragédia da Chapecoense

Heraldo Pereiria, Giolianna Morrone e Galvão Bueno, bem como toda equipe do Jornal Nacional, bateram palmas ao vivo, diante de imagens das vítimas, atletas dirigentes e colegas de profissão.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

O “Jornal Nacional” desta terça-feira (29) encerrou com uma homenagem às vítimas do acidente com o avião da Chapecoense, que deixou 71 mortos na madrugada de hoje, ao cair na Colômbia. Assista:

Os apresentadores Heraldo Pereira e Giuliana Morrone desceram da bancada e encerraram o telejornal na redação, ao lado de Galvão Bueno, que fez o encerramento pedindo aplausos de toda a equipe.

Um telão exibia fotos dos jogadores e jornalistas que morreram no acidente. O apresentador William Bonner não comandou o JN hoje por conta da morte do pai. “Uma última homenagem para os jogadores, comissão técnica, os dirigentes da Chapecoense, e para os jornalistas de todos os veículos, que nos deixaram hoje tão tragicamente. Todos nós, aqui na redação, de pé, juntos, damos uma salva de palmas”, disse Galvão Bueno. Se seguiu um minuto de palmas por parte de todos os profissionais da equipe presentes no estúdio.

:: LEIA MAIS »

Tragédia da Chapecoense: Filho de Caio Júnior relata últimos momentos com o pai. Assista

‘Foi diferente’, diz Matheus Saroli sobre encontro antes de embarque. Ele esteve com o pai no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Treinador da Chapecoense é uma das vítimas de tragédia na Colômbia.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

Matheus Saroli, filho do técnico paranaense Caio Júnior, disse em entrevista à RPC que sentiu o pai “diferente” no último encontro. Assista:

Isso ocorreu pouco antes do embarque da Chapecoense (SC) rumo à final da Copa Sul-Americana, na Colômbia, na segunda-feira (28). A entrevista detalhada vai ao ar nesta noite, no Paraná TV 2ª Edição e no Jornal Nacional.

Caio Júnior, treinador da Chapecoense, é uma das vítimas do acidente com o avião que levava o time para Medellín, na madrugada desta terça-feira (29). Além dos integrantes do clube, jornalistas também estavam no voo. Ao todo, 76 pessoas morreram. “Eu conversei com ele várias vezes, sobre várias coisas. No final, no último momento antes de a gente se separar, indo para o aeroporto, foi diferente. Agora é fácil falar, mas eu tinha sentido que tinha sido diferente”, comentou Saroli.

:: LEIA MAIS »

Tragédia da Chapecoense: Filho de Caio Júnior não embarcou porque esqueceu passaporte

Acidente com avião matou mais de 70 na Colômbia, nesta terça-feira (29). Caio Júnior nasceu em Cascavel (PR) e é o atual técnico da Chapecoense.

fonte_blogdomarcelo| Redação.BDM

Matheus Saroli, filho do técnico paranaense Caio Júnior, relatou, na manhã desta terça-feira (29) em uma publicação no Facebook, que estava em São Paulo e que não embarcou no mesmo avião que o pai porque esqueceu o passaporte.

Equipe de resgate trabalha entre os escombros do avião da LaMia de prefixo CP-2933 que caiu com 81 pessoas a bordo na região de Antioquia, na Colômbia (Foto: Reprodução/Twitter/Departamento de Antioquia)

Caio Júnior, que é o atual treinador da Chapecoense, é uma das vítimas do acidente com o avião que levava o time para a Colômbia, na madrugada desta terça-feira. Também estavam no voo profissionais da imprensa.

Ao todo, 75 pessoas morreram; a lista oficial com o nome dos mortos ainda não foi divulgada. Seis pessoas sobreviveram à tragédia: os jogadores Alan Ruschel e Neto; o goleiro Follmann; o jornalista Rafael Henzel; e os comissários de bordo Erwin Tumiri e Ximena Suarez. O goleiro Danilo, natural de Cianorte, no noroeste do Paraná, também foi resgatado com vida. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital nesta manhã. A informação foi repassada pela Cruz Vermelha. Na publicação, o filho de Caio Júnior disse ainda que a família está bem, que precisam de força e pediu um pouco de privacidade. “Somos fortes vamos passar por isso obigado a todos”, escreveu.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia