WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

Destaque 2
Tragédia: Acidente mata quatro pessoas na BR-135 perto de Barreiras, região oeste da Bahia
Destaque 2
Bahia: Identificada empresária que morreu após sofrer infarto fulminante em uma
farmácia
Violência: Jovem é morta pelo ex-companheiro após mudar de cidade por conta de agressões
Destaque 4
Sudoeste: Jovem jacaraciense que estava desaparecido em São Paulo é encontrado morto
divisor
busca por titulos


JORNAL DA MANHÃ . 26/09/2017

• BLOCO 1
Tempo Nuvens
Terça, 26/09/2017
(clique na imagem para assistir)

Busca por Data
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

diamantina toyota fainor

:: ‘Política’

Aracatu: Leda assume no lugar de Sergio Maia, que esta proibido de entrar na Prefeitura

Em coletiva, a PF de Vitória da Conquista detalhou a operação que culminou no afastamento do prefeito e de outros gestores públicos, em duas operações.

Com a deflagração das operações Chronos e Syagrus, a Polícia Federal afastou de suas funções o prefeito de Aracatu, Sérgio Maia. Em seu lugar, assume a vice-prefeita Leda Matias. Na manhã desta tera (19), a PF de Vitória da Conquista executou mandatos de busca e apreensão tanto em Aracatu como em outros municípios do Sudoeste baiano. Sérgio Maia, foi conduzido à sede da Polícia Federal, onde prestou depoimento, acompanhado do secretário de Finanças, também afastado e outros funcionários da Prefeitura. Na coletiva, o delegado Rodrigo Kolbe confirmou que Maia esta proibido de acessar a PMA. Ouça o áudio da coletiva de imprensa, oferecido pela PF nesta manhã:

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Imagens mostram confusão da Câmara de Poções. Sessão tornou inelegível Dr. Otto

Durante a votação o clima ficou tenso entre os vereadores Toninho (PC do B) e Nelsão(PMDB), foi necessário a intervenção dos seguranças.

Na noite desta segunda-feira o clima ficou tenso na câmara de vereadores de Poções e por pouco não aconteceu um UFC entre os vereadores. A pauta foi a votação das contas do ex-prefeito Dr. Otto Magalhães (PCdoB). Durante a votação o clima ficou tenso entre os vereadores Toninho (PCdoB) e Nelsão (PMDB), foi necessário a intervenção dos seguranças. Por 8 a 4 os vereadores rejeitaram as contas e o ex-prefeito ficou ficha suja, o que pela Lei Eleitoral o torna inelegível. As informações são do Políticos do Sul da Bahia. Assista:

:: LEIA MAIS »

Sudoeste: Operação da Polícia Federal afasta prefeito de Aracatu, secretário e outros gestores

Foram afastados das funções públicas, dentre outros, os atuais prefeito e secretário de Administração e Finanças de Aracatu e servidores públicos de Palmas de Monte Alto.

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União deflagram nesta terça-feira, duas operações simultâneas, batizadas Chronos e Syagrus, com o objetivo de dar cumprimento a 15 mandados de busca e apreensão, dez mandados de condução coercitiva e oito de medidas cautelares diversas nas cidades de Palmas de Monte Alto, Aracatu, Riacho de Santana e Botuporã, todas na Bahia. As duas operações são decorrentes de Inquéritos Policiais instaurados na Delegacia de Polícia Federal de Vitória da Conquista para apurar fraudes nos processos licitatórios e na execução de contratos de prestação de serviços de limpeza, asseio e conservação diária nas dependências de prédios pertencentes aos municípios de Aracatu e de Palmas de Monte Alto entre os anos de 2014 e 2017.

:: LEIA MAIS »

Pedido negado: Geddel alega risco de ‘estupro’ em pedido de volta para prisão domiciliar

Advogados do ex-ministro alegaram que facções estão determinando “tratamento especial” à políticos corruptos presos, como a exigência de “serviços sexuais e domésticos”.

A defesa de Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) alegou risco de “estupro” na Penitenciária da Papuda, local em que o ex-ministro está recolhido desde a semana passada, em Brasília, e pediu que ele volte para o regime de prisão domiciliar em seu apartamento em Salvador. O requerimento foi negado pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, que ressaltou o fato de os advogados do peemedebista terem usado informações “inverídicas” e “especulativas” na petição. A defesa se baseou em matéria publicada no portal “A Folha Brasil”, no dia da prisão do ex-ministro, noticiando que mensagens vazadas por familiares de detentos do Complexo Penitenciário da Papuda dariam conta de “ameaças de estupro” que teriam sido “enviadas aos políticos que estão cumprindo pena ou prisão preventiva”. Conforme a “reportagem” citada pelos advogados de Geddel, facções criminosas da unidade prisional teriam avisado aos acusados de corrupção que teriam de prestar serviços sexuais e domésticos aos demais internos.

:: LEIA MAIS »

Operação Opinião: PF amanhece na porta de Marcelo Nilo, suspeito de crimes eleitorais

“Datanilo”, pesquisas encomendadas pelo deputado estadual, podem ter resultados manipulados, segundo apurou a Polícia Federal.

Policiais federais deflagraram a Operação Opinião na manhã desta quarta-feira, 13, em Salvador. O alvo da ação é o deputado Marcelo Nilo, ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Eles cumprem mandados no prédio Villaggio Panamby, no Horto Florestal, onde mora o parlamentar. O gabinete do político na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) também é objeto de buscas. A ação investiga crime de falsidade eleitoral envolvendo a empresa Bahia Pesquisa e Estatística LTDA (Babesp), conhecida como “DataNilo”, que é apontada como de propriedade de Nilo. A operação, que é realizada com o Ministério Público Eleitoral (MPE), apura se o político prestou informação falsa à Justiça Eleitoral afirmando que não seria dono da Babesp.

:: LEIA MAIS »

Bahia: Em Salvador, Herzem defende entrada de Imbassahy e volta de Maia ao PMDB

Prefeito de Conquista revelou ainda que Nilo Coelho, José Ronaldo e Benito Gama demonstraram interesse em ingressar. “Presença de Lúcio é fundamental”, disse Herzem sobre suposto afastamento do irmão de Geddel.

O PMDB baiano está tentando amenizar a crise que se abateu sobre o partido nos últimos dias, após a nova prisão de Geddel Vieira Lima e também do correligionário Gustavo Ferraz, na última sexta-feira (8). Nesta terça (12), figuras do partido se reuniram em Salvador para discutir a situação na sigla. O presidente estadual da agremiação, Pedro Tavares, que assumiu o posto após o afastamento de Geddel, deve convocar para próxima semana uma reunião da executiva estadual peemedebista. Na reunião desta terça, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, defendeu a entrada de figuras como o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, o deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS) na sigla e o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), na sigla. De acordo com ele, os ingressos podem ajudar a fortalecer o partido.

:: LEIA MAIS »

Bahia: “Vamos esperar a Justiça”, diz deputado Pedro Tavares ao negar expulsão de Geddel

Declaração foi dada nesta manhã (12) durante reunião do PMDB estadual, que contou com a presença do prefeito de Conquista, Herzem Gusmão.

Presidente do PMDB baiano há dois meses, desde o afastamento de Geddel Vieira Lima, o deputado estadual Pedro Tavares negou que o correligionário será expulso da legenda. Segundo ele, a posição será tomada após a Justiça se pronunciar. Geddel foi preso no dia 8 de setembro pela segunda vez. Ele acusado de receber propina de R$ 20 milhões quando ocupou o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal (CEF). A situação do pemedebista se agravou ainda mais quando a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em apartamento ligado ao ex-ministro.

:: LEIA MAIS »

Bahia: Com presença de Herzem, reunião do PMDB discutirá saída ou expulsão de Geddel

Ex-ministro já estava afastado da presidência da legenda desde a primeira prisão, em julho. Com a apreensão de R$51 milhões e nova prisão, situação de Geddel no PMDB é “insustentável”.

Membros da executiva estadual do PMDB da Bahia vão se reunir nesta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa (Alba) para decidirem o futuro político do ex-ministro Geddel Vieira Lima dentro da sigla. Os peemedebistas estarão reunidos para analisarem a expulsão do cacique – uma das figuras mais significativas da legenda. Os escândalos envolvendo Geddel vem incomodando membros do partido que temem não se elegerem em 2018. Além dos deputados estaduais foram convidados o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, e o federal Lúcio Vieira Lima. Apesar de afirmarem que vão debater apenas sobre os novos rumos da legenda, a reunião tem como princípio tentar convencer Geddel a deixar o partido, sem maiores transtornos.

:: LEIA MAIS »

Conquista: Herzem cumpre lei pessoalmente e ordena apreensão de ônibus. Assista o VÍDEO

O veículo foi recolhido para o pátio do Deserg. A empresa também terá que pagar multa. Além disso, parar em local proibido é infração grave.

“Prefeito que honra o cargo que possui, é prefeito 24 horas por dia: em casa, na rua ou no gabinete. Fomos eleitos para trabalhar todos os segundos dos quatro anos de mandato que recebemos da população”.

Com esta frase o prefeito Herzem Gusmão sintetizou a ação, ocorrida na manhã de hoje, quando determinou, pessoalmente, a apreensão de um ônibus que infringiu legislação municipal. O veículo da Viação Novo Horizonte, contrariando a Portaria 02/2017, estava embarcando passageiros no local conhecido por Gancho, na Avenida Juracy Magalhães, o que é proibido. O prefeito passou na hora, desceu do carro, comunicou ao motorista da infração e determinou a apreensão do ônibus. Assista:

:: LEIA MAIS »

Sudoeste: Ex-vereador armado atira contra a ex-companheira e é preso pela PM em Jequié

Manoel Gomes (PP) estaria inconformado com fim do relacionamento. Ele portava um revólver .32 no momento da prisão, segundo o boletim de ocorrência.

O professor e ex-vereador do município de Jequié, Manoel Gomes, foi detido pela Polícia Militar na noite desta quinta-feira (7), em Jequié, depois de ter tentado contra a vida da sua ex-esposa, Marcela Souza, quando ela deixava o Hospital Santa Helena, na Rua Abílio Procópio, no Centro de Jequié.

A Polícia Militar, que conduziu Manoel a Delegacia por tentativa de homicídio informou ter encontrado com o ex-vereador uma arma calibre 32, com 4 cartuchos intactos e um deflagrado. O caso foi registrado por volta das 19h desta quinta-feira (7), e a motivação seria o fim do relacionamento entre Marcela e Manoel.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia