WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc abring

ftc uniftc





safernet br
tivic

fainor

aky veiculos

natanael falar e arte

VÍDEO: Dona de ferro velho é morta na Bahia. Suspeito acusou o marido dela como “mandante”

A vítima foi identificada como Nayele Alves Ribeiro, de 31 anos. Suposta “traição” teria culminado no crime. Atirador e o marido foram presos em flagrante.

Um homicídio covarde foi registrado na tarde desta sexta-feira, 10 de julho, na Rua Rio Negro, no Bairro Monte Castelo, quando um indivíduo se aproximou do estabelecimento (Ferro Velho), conduzindo uma moto Honda, cor preta, e atirou na vítima. Após o crime, o executor tomou rumo ignorado. A vítima foi identificada como Nayele Alves Ribeiro, de 31 anos. Policiais Militares da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) estiveram no local e preservaram a área até a chegada da Polícia Técnica (DPT).



Policiais militares da ROTAM Raio Vermelho saíram então em diligência no Bairro e avistaram uma pessoa com as mesmas características do homem acusado do crime, na Rua Águas Claras, no mesmo Bairro. Sem esboçar nenhuma reação, o suspeito foi preso. Na sequência, com o apoio do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), o suspeito foi apresentado na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, à delegada plantonista, Andressa Carvalho. O acusado foi identificado como Adriano de Oliveira Carvalho, de 32 anos, e o suspeito de ser o mandante do crime, é o próprio esposo da vítima, identificado como Rosivaldo Moreira Macieira, de 57 anos.

Foi apresentado também uma motocicleta Honda Bros 160, placa policial NYX 6449, com placa trocada. A placa original é PKI 1G80, que foi tomada de assalto, na noite da quarta-feira, 08 junho, nas proximidades da Fazenda Cascata, e a arma do crime, um revólver marca Taurus, calibre 38, com 04 munições intactas, 02 deflagradas, e a quantia de R$ 777,00 reais. Nossa equipe de reportagem entrevistou o acusado de ter matado a empresária, e ele disse que é de Porto Seguro, que estava como andarilho em Teixeira e com a filha doente. Assista:

Ele disse que o Val lhe deu um prato de comida e perguntou se ele não tinha coragem de matar a mulher dele, porque ela estava lhe traindo. O acusado disse que aceitou porque o Val lhe daria 1500 reais para ajudar sua filha doente. Ainda segundo o acusado (Adriano), o revólver usado no crime e a motocicleta Bros foram arranjados pelo Val para que ele executasse a esposa. Nossa equipe de reportagem não conseguiu falar com o Rosivaldo Macieira (VAL). O suposto mandante, e o Adriano de Oliveira Carvalho (executor) encontram-se na carceragem da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, à disposição da justiça. // Liberdade News.



Comentários

comments

Leia também no VCN: