WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
diamantina toyota





safernet br
fainor

aky veiculos

natanael tocoto

Conquista: Polícia Civil registra média de 30 casos por mês de golpes de venda de veículos

Delegado Nei Franco explica que é preciso ficar atento e não fazer transferência bancária sem ter certeza de que negócio é seguro.

A Delegacia de Furtos e Roubos de Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia, registrou nos últimos meses uma média de 30 casos de golpes cometidos por estelionatários. Um empresário, que preferiu não revelar a identidade, quase caiu na conversa de um estelionatário, que propôs a transferência do veículo antes do pagamento. Ele conta que o começo da conversa foi normal e que o suspeito parecia alguém querendo comprar o carro dele.



“Ele pergunta detalhes do carro, se o carro foi batido, se não foi, se foi emplacado, se é o primeiro dono, segundo dono, quilometragem, se tem desconto, qual o menor preço à vista, e aí ele vai fazendo muitas perguntas de modo que você realmente ache que é uma pessoa que está interessada em comprar”, contou o empresário. Mas depois de pedir todas as informações, o rumo da conversa mudou. No fechamento da compra do carro, o suspeito fez um pedido inesperado, disse que iria comprar o carro pra pagar uma dívida.

Médico desconfia e escapa do golpe do carro Diário da Região - Polícia

Chegou um ponto que ele fala que gosta do carro que vai ficar com carro só que o seguinte eu tenho um sócio eu tinha uma sociedade a gente reás reator essa sociedade e eu fiquei com a dívida com meu sócio eu tenho que pagar uma continha pra ele eu estou vendo o seguinte eu mandei essas fotos do seu carro para ele e aí ele disse que gostou do carro e eu tenho condição de passar o meu carro por um valor mais alto para ele e eu te pago o que você está pedindo você me ajuda.

Jornal Impacto - Conquista - BA - Conquista: Trio é detido suspeito de  roubar peças de carros do pátio da Polícia Civil

“Chegou um ponto que ele fala que gosta do carro, que vai ficar com carro, só que o seguinte: ‘Eu tenho um sócio, eu tinha uma sociedade, a gente reator essa sociedade e eu fiquei com a dívida com meu sócio. Eu tenho que pagar uma continha para ele, eu estou vendo o seguinte, eu mandei essas fotos do seu carro para ele e aí ele disse que gostou do carro e eu tenho condição de passar o meu carro por um valor mais alto para ele e eu te pago o que você está pedindo. Você me ajuda, eu economizo e não tem problema nenhum, porque eu vou pagar o carro de qualquer forma’, explicou como foi o golpe. O empresário conseguiu não cair no golpe, porque percebeu a tempo. Tem dez dias que ele começou a anunciar o a venda do carro em um site de vendas e cinco pessoas já tentaram dar o golpe nele.

Estelionatário aplica golpe da venda de carro em Montenegro - Jornal Ibiá

“Ele pediu: ‘Vamos marcar logo cedo amanhã e eu já te pago’. Aí eu falei: ‘Moço, se a gente marcar 8h na porta do cartório para transferir, você vai transferir o dinheiro para mim como se o banco 8h nem está aberto? Você não vai conseguir fazer um TED nesse valor ou você vai me pagar esse valor todo em espécie?’ E ele completou: ‘Não, não, eu tenho como pagar’. Aí eu falei: ‘Moço, esse negócio não está muito certo”. Segundo o delegado Nei Brito, pelo menos um caso é registrado por dia aqui na Delegacia de Furtos e Roubos, uma média de 30 casos por mês. “Uma pessoa que no momento está em outro estado, em outra localidade, na maioria das vezes consegue um DDD 77 e engana duas pessoas aqui da região da cidade de Vitória da conquista e faz com que seja feito um depósito em nome de terceiros e a outra pessoa naturalmente fazer a transferência do veículo sem consultar e verificar se realmente a pessoa”, contou o delegado. O delegado explica que é preciso ficar atento e não fazer transferência bancária sem ter certeza de que o negócio é seguro. “Essa é a primeira formação. A segunda quando você receber o dinheiro na sua conta, o depósito, você só faz a transferência do veículo depois que você confirmar realmente com o banco que [o dinheiro] ele entrou em conta, porque eles enviam aqueles recibos falsos, são falsos depósitos”, concluiu. // G1 Bahia . TV Sudoeste.



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest