WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia

embasa



camara de vitoria da conquista

hsc

fainor

aky veiculos

natanael a honra do cla

Covid-19: Novas variantes têm transmissão 30% a 50% mais rápida. “Vai piorar”, alerta Butantan

“Se não agirmos rapidamente podemos ser impactados de forma mais negativa do que na primeira onda”, avalia o diretor Dimas Covas.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, prevê uma piora na pandemia no Brasil e teme situações vividas atualmente em cidades como Manaus, no Amazonas, e Araraquara, no interior de São Paulo, que enfrentam colapso no sistema de saúde, deixem de retratar casos isolados no país.



“Está aí o exemplo de Manaus, Jaú, Araraquara. Podem não ser exemplos isolados. Isso pode ser a nova forma de comportamento, que é rapidamente atingir e levar pessoas aos hospitais e lotar as nossas UTIs”, afirmou o diretor em entrevista à GloboNews na manhã desta sexta-feira (26). “Embora a vacinação seja importante, o mais importante agora é controlar a disseminação do vírus e impedir a circulação das variantes, que podem se tornar as dominantes. Se não agirmos rapidamente podemos ser impactados de forma mais negativa do que na primeira onda”, avalia.

Mortes por Covid-19 só deverão diminuir em maio ou junho, diz Dimas Covas |  Coronavírus | iG

Segundo Dimas Covas, uma das justificativas para o aumento de casos e internações no país é a velocidade de contaminação pelas novas variantes. “As novas variantes têm taxa de transmissão maior – pelo menos 30% a 50% mais rápidas – e ainda temos a possibilidade que elas possam ser mais agressivas. Isso têm explicado por que em janeiro e fevereiro estamos batendo recordes. Na minha visão, isso deve piorar um pouco pois, embora estejamos fazendo a vacinação, a velocidade da epidemia é maior.” // G1.

Entenda o que pode ou não no 'lockdown total' em Araraquara - Cotidiano -  ACidade ON Araraquara



Comentários

comments

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest