WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc

embasa

diamantina toyota



camara de vitoria da conquista

hsc

fainor

aky veiculos

natanael a honra do cla

Sudoeste: Servidora é afastada após ser flagrada injetando agulha em idosa, sem aplicar vacina

Prefeito disse que não houve má fé da funcionária e atribuiu caso a ‘desatenção’. Equipe da Saúde foi enviada novamente ao local, nesta quinta-feira (25) para vacinar idosa.

Uma técnica de enfermagem da cidade de Rio do Pires, no sudoeste da Bahia, foi flagrada injetando a agulha e retirando a seringa sem aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa. O caso aconteceu na quarta-feira (24), na comunidade de Contagem, na zona rural da cidade.



O vídeo circula nas redes sociais e mostra a mulher colocando a seringa no braço da idosa, furando com a agulha, mas ela não injeta o líquido imunizante na paciente. Na sequência, um outro homem é vacinado pela mesma mulher, mas ela faz o procedimento corretamente. O prefeito Vanio de Gildásio (PP) atribuiu a conduta da profissional a uma “desatenção”, e disse que ela foi afastada das funções. Segundo ele, a mulher é técnica de enfermagem contratada pelo Município há cerca de sete anos. Ele contou ainda que a seringa com o líquido imunizante foi encontrado no lixo, junto com as outras que foram utilizadas corretamente.

CLIQUE AQUI, para assistir.

“Eu conheço essa profissional há mais de 15 anos. O que aconteceu foi uma falha humana. Ela não agiu de má fé. A gente já achou a seringa com o líquido imunizante junto com as demais seringas. Foi uma desatenção e, infelizmente vamos precisar demitir a profissional”, disse o prefeito. A Secretaria de Comunicação de Rio do Pires informou que uma equipe da Saúde foi enviada à região de Contagem outra vez e, corretamente, vacinou a idosa que não foi imunizada no dia anterior. A prefeitura publicou uma nota dizendo que, até o episódio em questão, “não havia recebido nenhuma reclamação sobre o trabalho desempenhado pela técnica de enfermagem, que recebeu treinamento para atuar como vacinadora”. Ainda de acordo com a prefeitura, um processo administrativo será aberto para apurar a ocorrência. // G1 Bahia.



Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest