WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc abring





safernet br
tivic

fainor

aky veiculos

natanael falar e arte

VÍDEO: Marcelo Rezende confirma câncer em estágio avançado. “Não tenho medo da morte”

Jornalista e apresentador do “Cidade Alerta” teve diagnóstico positivo de câncer no pâncreas, com metástase para o fígado. Sessões de quimioterapia já foram iniciadas.

Marcelo Rezende revelou em entrevista ao programa “Domingo Espetacular”, da Record, que está lutando contra um câncer no pâncreas e no fígado. O seu quadro é considerado gravíssimo, segundo apurado pela reportagem.

A entrevista foi gravada na segunda-feira (8) em sua casa, em Santana do Parnaíba, três horas antes do apresentador ser internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e submeter-se à primeira quimioterapia –no dia seguinte. “Eu não tenho medo da morte, porque o homem que tem fé não tem medo, ele sabe que irá vencer”, disse Rezende, de 65 anos, durante a reportagem exibida na noite deste domingo (14). Segundo Rezende, o tumor começou no pâncreas e logo se espalhou para o fígado. Os primeiros sintomas que surgiram foram o cansaço, a falta de apetite e a aversão ao vinho que ele tanto aprecia. “Foi aí que eu pensei ‘estou com alguma coisa no fígado’, porque eu tenho um paladar lascado e um olfato lascado.” Assista a íntegra da reportagem do “Domingo Espetacular”:

O jornalista explicou que depois disso procurou um médico, fez todos os exames necessários para, em seguida, lhe darem o diagnóstico. “Com uma cara triste, o médico se aproximou e me disse ‘não tenho uma boa notícia para você'”, relembrou.

A partir de agora, o apresentador do “Cidade Alerta” fará a quimioterapia para o tratamento do tumor. “Mas eu não quero saber [como será o tratamento]. Não quero ser médico. Não sou médico (…) Não é essa a minha preocupação. A minha preocupação é ficar firme até vencer essa etapa”, contou. “Se eu vou sair dessa? Vou. Qualquer que seja o resultado eu já saí, porque o homem que ama a Deus não tem obstáculo”, concluiu.  Bem-humorado, Rezende comparou a superação de antigos casamentos com a doença que o atinge agora. “Eu tenho cinco filhos, de cinco ex-esposas, e quem venceu cinco ex-esposas e cinco ex-sogras, vence qualquer coisa”, brincou ele.

Sobre a reação dos filhos, Marcelo Rezende disse que todos “ficaram alucinados, perturbados” com a notícia. “Aí eu sentei com eles e falei ‘calma, crianças’. Sou eu quem tenho que acalmá-los. A minha onda foi dizer a eles que não tenham medo, porque o medo deles pode me afetar. E nessa hora eu tenho que pensar em mim. Meu medo, se é para dizer que eu tenho um, era que eu não conseguisse equilibrar meus filhos”, ressaltou.

Segundo apurado, a entrevista de quase meia hora foi cercada por um esquema de segurança montado pela própria emissora. Apenas três pessoas tiveram acesso ao material: um editor e outros dois profissionais. Levado por Geraldo Luís, Marcelo Rezende deu entrada na última segunda-feira no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, conforme adiantou o colunista Flávio Ricco. Ele realizou alguns exames, não autorizou a divulgação de boletins e evitou atender a telefonemas de jornalistas. Rezende teve alta na quinta. O apresentador já não vinha se sentindo bem há alguns dias, mas ainda assim não interrompeu suas atividades diárias e nem mesmo os trabalhos no “Cidade Alerta”.

No dia da internação, Rezende publicou uma mensagem com a seguinte legenda. “Deus em cada momento. E um amigo sempre ao lado, o nosso Shrek”, disse o apresentador, referindo-se ao amigo Geraldo Luís. Consultada, a assessoria da Record disse que, por ora, Rezende ficará afastado do “Cidade Alerta” nesta semana; Luiz Bacci o substitui. Marcelo Rezende iniciou a sua carreira na década de 70 como repórter esportivo do extinto Jornal dos Sports, no Rio de Janeiro, e também na revista Placar. Na TV, Rezende trabalhou na Globo durante anos como repórter e também apresentador do “Linha Direta”. Saiu da emissora da família Marinho no início dos anos 2000, foi para a Rede TV!, passou pela Band e chegou à Record, onde comanda já há alguns anos o jornal policial “Cidade Alerta”. // TV Foco.

Comentários

comments

Leia também no VCN: