WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
diamantina toyota



camara vc cmvc

fainor

aky veiculos

natanael a honra do cla

Tragédia da Gontijo: SSP-MG reduz para 4 os mortos na BR-116, sendo três mulheres e um bebê

Uma idosa de Ipiaú está entre as vítimas fatais. O motorista e todos os sobreviventes algum tipo de ferimento.

Um bebê de apenas 1 ano e 1 mês e três mulheres – duas delas já identificadas, de 48 e 68 anos – morreram em um trágico acidente envolvendo um ônibus da Viação Gontijo, que despencou de uma ribanceira de aproximadamente 250 metros às margens da BR-116, em Leopoldina, na Zona da Mata. O acidente ocorreu na noite desse sábado (2/10) e, inicialmente, as autoridades mineiras informaram que oito pessoas haviam morrido, mas a informação foi retificada, na tarde deste domingo (3/10), para quatro óbitos.



Ao todo, o ônibus levava 52 passageiros, dos quais seis crianças, além do próprio motorista. Todos os envolvidos tiveram algum tipo de ferimento, mas as autoridades ainda não conseguiram detalhar a gravidade dos machucados até o fechamento desta reportagem. Conforme a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), os passageiros mortos foram submetidos a exames de necropsia, apontando que os óbitos decorreram de politraumatismo contuso. As causas do acidente ainda serão investigadas pela perícia criminal da PCMG – que já coletou várias informações técnicas no local.

Leopoldina: Acidente com ônibus da Gontijo deixa 4 mortos e mais de 40  feridos na BR-116, diz rádio - REVISTA DO ÔNIBUS -

O acidente ocorreu por volta das 23h de ontem, quando chovia bastante. A região é sinuosa e conta apenas com pistas simples. Na altura do KM 776, o motorista do ônibus perdeu o controle e atravessou uma curva, caindo no barranco íngreme, e capotando em seguida. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), o ônibus fazia a linha Santo Amaro (SP) a Ubatã (BA), transportando 46 adultos pagantes. Também estavam dentro do veículo – além do bebê que veio a óbito – cinco crianças e o motorista. Os trabalhos de resgate tiveram início durante a madrugada com o empenho de 13 militares e cinco viaturas do sétimo pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Leopoldina.

Vítima de Ipiaú

A ipiauense Maria das Graças de Jesus Brito Nascimento, 68 anos de idade, foi uma das vítimas fatais do acidente envolvendo um ônibus da empresa Gontijo na BR-116 na madrugada deste domingo (03), que despencou de uma ribanceira na altura do município de Leopoldina, em Minas Gerais.

Conforme familiares informaram à reportagem, Maria, que estava residindo em Indaiatuba, interior de São Paulo, embarcou no ônibus em Santo Amaro com destino a Ipiaú no sábado (02) às 11:30hs em companhia do marido e um neto. Ela voltava a Ipiaú com intenção de rever parentes e trabalhar para a venda de um imóvel que estava fechado no bairro Euclides Neto. Ainda conforme informações de familiares, o marido de Maria se encontra hospitalizado e o neto sofreu apenas ferimentos leves, já estando na companhia de seus pais. No mesmo acidente até o momento pelo menos outras sete vítimas fatais foram registradas

Sobreviventes

Neste domingo (3/10), por voltas das 14h20, sete militares ainda estavam no local, com duas guarnições empenhadas no resgate: uma de Leopoldina e outra de Além Paraíba. Os sobreviventes foram enviados a hospitais de pronto-atendimento em Leopoldina e Cataguases. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) deram apoio ao resgate.

Ônibus com 52 passageiros capota na BR-116 e deixa mortos em Leopoldina |  Zona da Mata | G1

O local, de difícil acesso, e a densa vegetação foram fatores que, conforme a corporação, dificultaram a conclusão dos trabalhos. “O ônibus foi retirado agora há pouco do local, onde foi necessária a interdição de meia pista da rodovia pela Polícia Rodoviária Federal”, informa o CBMMG, em nota emitida à imprensa por volta das 16h40. Meia pista da rodovia ficou interditada por cerca de três horas, sob comando da Polícia Rodoviária Federal. A Polícia Militar de Minas Gerais também deu apoio à ocorrência.

Gontijo lamenta

Procurada, a viação Gontijo lamentou o acidente e informou que presta auxílio às famílias dos passageiros mortos, assim como os machucados. “O estado de cada um foi checado, além de avisar as famílias, levar os que os médicos liberavam para local onde podiam tomar banho, descansar, além de receberem alimentação”, afirmou, por nota. “A empresa cuidou também do acompanhamento às famílias na liberação dos corpos junto às autoridades”, complementou. // Estado de Minas.

Jornal O Expresso | “Não é o Estado que fiscaliza a imprensa, é a imprensa  que fiscaliza o Estado”. Min. Carlos Ayres Britto

Leopoldina: Acidente com ônibus da Gontijo deixa 4 mortos e mais de 40  feridos na BR-116, diz rádio - REVISTA DO ÔNIBUS -

Rádio BandNews FM BH (@RadioBandNewsBH) | Twitter

SIGA NOSSO INSTAGRAM: instagram.com/vitoriadaconquistanoticias

Leia também no VCN:

Pin It on Pinterest